Corretores de Imóveis

Como vender imóveis para casais jovens?

Escute nossa matéria.

O corretor de imóveis precisa estar atento às diferenças que cada perfil de consumidor tem. Essas distinções exigem um tipo de abordagem diferente e uma lista de argumentos adequados a essa pessoa. Isso fica evidente na hora de vender imóveis para casais jovens, por exemplo.

Devido à crise econômica, muitos corretores acreditam que os jovens estão optando por morar mais tempo com seus pais, com o objetivo de economizar. Essa ideia não é totalmente verdadeira. Uma reportagem do jornal Folha de São Paulo mostra que existe, nessa faixa etária, muitas pessoas interessadas em adquirir uma moradia.

Se você quer entender mais sobre esse assunto, leia este artigo até o final.

Imóveis para casais jovens: o desafio da compra

O primeiro passo para vender imóveis para casais jovens é conseguir ser didático a respeito de financiamento imobiliário, pois esse será o principal receio do jovem casal. Compreenda que a geração Y (nascidos entre 1980 e 2000) vive um momento econômico totalmente diferente do vivido pelas gerações anteriores.

Se, por um lado, existe uma instabilidade no mercado de trabalho, que afeta inclusive pessoas com formação superior, por outro, existe uma facilidade de crédito importante. Explore esse detalhe positivo.

Além disso, esse cliente pode ser profundamente sugestionado por notícias ruins sobre a economia. O papel do corretor, nesse caso, é o de mostrar que o financiamento é viável economicamente. Argumente dizendo que o Brasil já passou por períodos econômicos mais turbulentos do que esse, como a hiperinflação que corroía os salários no final do século XX.

Como o casal está iniciando a vida adulta, é natural que ele não se lembre desses períodos, analisando a situação por um ponto de vista contemporâneo. Essa análise pode fazer com que ele fique paralisado diante da compra. Por isso, ofereça informações ao seu cliente, dando-lhe a oportunidade de ver a compra de um imóvel como uma realização possível.

O medo do definitivo

Essa geração preza pela mobilidade. Portanto, mostre que, ao comprar um imóvel, o casal não estará condenado a viver nele para sempre. Eles ainda terão liberdade para alugar a propriedade ou vendê-la, caso desejem se mudar.

Uma pesquisa do Zap Imóveis revelou que 35% dos jovens solteiros preferem alugar a comprar. Ainda que os casados estejam vivendo outro momento de suas vidas, é possível que preservem esse desejo por liberdade.

Esse sentimento pode ser revertido com informações positivas sobre a cidade em que o imóvel está localizado. Estude dados socioeconômicos do município, expectativas relacionadas à economia local e até a construção de obras públicas ou privadas previstas para os próximos anos.

Vender imóveis para casais jovens é vender a eles o futuro. Se o corretor não os lembra que a vida é dinâmica e que a cidade continuará evoluindo, é possível que esse cliente prefira viver em uma cidade que ele considera maior ou com mais oportunidades.

O imóvel como investimento

Complementando o tópico anterior, explique aos clientes que comprar um imóvel equivale a investir. No começo da vida adulta, esse tema começa a se tornar relevante, uma vez que surge a preocupação com o futuro. É nesse detalhe que moram as oportunidades de vendas.

Ao comparar as muitas opções de investimentos, fica claro que comprar uma casa, terreno ou apartamento é muito mais seguro e vantajoso do que as outras alternativas financeiras.

Ademais, reforce que o jovem casal poderá alugar o imóvel ou vendê-lo, caso receba uma boa oferta. Explique que a compra se valorizará conforme o bairro se moderniza. A cada nova obra inaugurada, a propriedade ganha valor de mercado.

Outro ponto importante na hora de vender imóveis para casais jovens é comparar o valor do financiamento com o do aluguel. Em muitas cidades, os valores são parecidos. Em outras, dependendo da localização, o aluguel pode ser muito mais caro.

Nesse sentido, pagar por algo que não será da pessoa não parece ser uma boa ideia. Argumente dizendo que o aluguel é recomendado para moradores que não têm intenção de morar naquela cidade, como estudantes que retornarão para a casa de seus pais depois de terem terminado os seus estudos.

O medo de não conseguir pagar as mensalidades

Essa situação existe — e amedronta muitos clientes. Nesse caso, o corretor pode ser didático, dando dicas de finanças pessoais para o casal, como usar o saldo do FGTS para dar de entrada na compra, vender o automóvel etc.

Nem todas as pessoas têm conhecimentos sobre finanças pessoais. Por isso, mostre a elas que é possível comprar o imóvel e manter os pagamentos em dia, desde que o comprador respeite sempre o seu orçamento.

Vantagens e desvantagens desses clientes

Vantagens

É fácil encontrá-los, pois estão nas redes sociais. Uma campanha de marketing digital bem-feita pode impactá-los. Por isso, invista em uma presença profissional nas redes sociais. Na hora de vender imóveis para casais jovens, lembre-se de que esse cliente também pode encontrá-lo pelas redes sociais, então, capriche na imagem que você transmite pela internet.

Estão entusiasmados com a possibilidade de compra

Essas pessoas têm uma vida de trabalho pela frente, podendo assumir esse compromisso financeiro sem problemas. Essa esperança com o futuro e a vontade de construir algo é um capital importante, que deve ser explorado na hora de vender imóveis para casais jovens. Nesse sentido, cuidado para não ser pessimista na hora de conversar com esse tipo de cliente. Não os amedronte.

Desvantagem

Estão começando a sua vida financeira e, por isso, têm muitas dúvidas. O corretor precisa ser paciente. Além disso, o entusiasmo pode fazer com que queiram comprar aquilo que não podem pagar, gerando inadimplência. O corretor deve ficar atento e orientá-los.

Se você for mais velho, trate-os da maneira como você trataria os seus filhos. Aconselhe-os e mantenha um tom de voz amigável. Agora, se eles tiverem uma idade semelhante à sua, mostre que você entende os medos que eles enfrentam, mas que você pode ajudá-los a entender melhor o mercado imobiliário.

Como vimos neste artigo, vender imóveis para casais jovens exige atenção por parte do corretor. Deve-se ter sensibilidade para entender as demandas desse público. Na dúvida, opte por um comportamento empático.

Para vender imóveis para casais jovens, o corretor deve atuar com uma postura gentil, sem forçar a venda, já que esse tipo de comportamento faz com que ele perca a sua credibilidade.

Se você tem alguma dúvida sobre o mercado imobiliário, fique à vontade para compartilhar conosco pelo campo de comentários. Ah! Também aceitamos sugestão de temas para os nossos artigos!

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%