Corretores de Imóveis

Redes sociais para corretores: como usar para vender mais?

É provável que você já tenha uma conta em alguma rede social, não é mesmo? No entanto. Você tira proveito dela na hora conseguir clientes? Se a resposta foi um “não”, nós precisamos falar sobre redes sociais para corretores de imóveis.

Há cerca de 15 anos, quando alguém queria anunciar seus produtos ou serviços, era necessário recorrer às rádios, tevês e jornais. E essas empresas cobram caro pelos anúncios.

Contudo, esse tempo passou. Hoje, você mesmo pode produzir informação e conversar com seu público-alvo, mas, para isso, precisa conhecer o potencial das redes sociais para corretores. Vamos lá?

Redes sociais para corretores: como usar o Facebook?

O primeiro passo para usar o Facebook de forma profissional é criando uma página. Não se preocupe com o número de curtidas. Lembre-se de que você está lá para vender imóveis, portanto, está falando com um público restrito.

O desafio nessa rede social é conseguir aparecer na timeline dos usuários. O Facebook prioriza conteúdos que recebam interações, e normalmente os internautas interagem mais com fotos e vídeos. Por esse motivo, invista nessas publicações — desde de que elas tenham a ver com o mercado imobiliário.

Outra dica importante é anunciar. Trata-se da rede social mais popular no mundo, por isso, seu cliente, provavelmente, é um usuário do Facebook. Além do mais, anunciar no Facebook requer baixo investimento — tome cuidado, apenas, para não criar muitos anúncios. Tenha uma estratégia.

Para finalizar, atente-se ao seu perfil pessoal. Não compartilhe as chamadas fake news (ou notícias falsas) e não se meta em polêmicas. Lembre-se de que dinheiro não tem religião, orientação sexual ou ideologia política. Qualquer pessoa pode ser um potencial cliente.

Como usar o Instagram?

O Instagram requer outra estratégia: o uso inteligente de imagens dentro de uma comunicação amigável e descontraída. Faça boas fotos dos imóveis que pretende vender e use a geolocalização para aproximá-los dos interessados.

Além disso, não se esqueça de usar as hashtags como palavras-chaves. Faça uso de no máximo 3 hashtags, por exemplo: #apartamento #Leblon #RiodeJaneiro

Vale a pena usar o Twitter?

Muitas pessoas menosprezam o Twitter, mas não deveriam.

Essa rede social continua firme e forte e tem forte impacto entre o público mais jovem. Talvez por isso o Twitter não seja muito popular entre as redes sociais para corretores.

De fato, o Twitter não foi feito para vender, mas para se informar. Siga os principais influenciadores do ramo imobiliário para estar sempre antenado sobre o mercado, crie listas e use as hashtags para achar bons conteúdos. Afinal de contas, o corretor precisa estar bem-informado.

Como usar o LinkedIn?

Também não se trata de um espaço para vender diretamente, mas para conquistar credibilidade. Por esse motivo, escolha com muito cuidado as informações que farão parte do seu perfil.

A foto deve ser com uma roupa mais formal. Compartilhe suas informações profissionais e acadêmicas, assim como seu portfólio, site ou blog (se tiver).

Não coloque dados desnecessários apenas para preencher espaço. É melhor um perfil enxuto do que um que não tem nada a ver com o seu momento profissional. Se você é corretor de imóveis, do que adianta mencionar que um dia exerceu outra profissão que não tem relação com a atual?

Agora que você entendeu a importância das redes sociais para corretores, faça uma análise de seus perfis. Última dica: só crie uma conta na rede que pretende usar de verdade.

Para continuar aumentando seus conhecimentos, aproveite para ler o artigo Como encontrar o imóvel ideal para seu cliente?

Faça uma simulação e financie até 82%

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.