Conteúdo em áudio Mercado Imobiliário

Como organizar uma mudança: 7 dicas práticas!

Ouça essa matéria.

Finalmente, o sonho da casa própria virou realidade! E, depois de tanto planejamento e organização financeira, nada mais justo do que se mudar tranquilamente, sem estresse ou dor de cabeça, não é mesmo?

Mas certamente só de pensar na quantidade de caixas para transportar, já bate o desespero. Pensando nisso, preparamos 7 dicas práticas que vão te ajudar a realizar essa tarefa!

Continue a leitura e aprenda como organizar uma mudança prática e rápida!

1. Planeje tudo com antecedência

Ok, essa é uma dica óbvia. Mas não custa reforçá-la. Até porque a gente sabe que, com a correria do dia a dia, é muito comum deixarmos tudo para a última hora. Entretanto, quando o assunto é mudança, convém se dedicar um pouquinho para arrumar tudo antes da data prevista.

E nem precisa de muito esforço: se você vai se mudar daqui a um mês, basta empacotar uma ou duas caixas por dia. Comece por aqueles objetos que estão em desuso, em cada cômodo da casa. Assim, você diminui consideravelmente o volume de coisas para empacotar até o dia do transporte.

Além de poupar seu tempo, essa é a forma mais eficaz de garantir que todos os seus pertences estarão devidamente organizados e seguros para serem transportados no dia da mudança. Ou seja, não precisa ter pressa, o importante é começar!

2. Defina prioridades no empacotamento

Como adiantamos, mudança bem-sucedida é sinônimo de organização e planejamento. E esses quesitos têm tudo a ver com definição de prioridades. Esse é um conselho clássico, porém crucial para você organizar tudo de forma prática e lógica. O melhor caminho é definir as prioridades do empacotamento, pensando na funcionalidade de cada item.

Já pensou no transtorno que seria embalar todas as roupas de cama de uma vez e só depois perceber que não separou os lençóis para utilizar até o dia da mudança? Pois é! Esse é um exemplo simples que reforça a ideia de que os itens de uso corriqueiro devem ser embalados por último.

E lembre-se: a cada caixa montada, coloque de imediato uma etiqueta indicando de que cômodo são aqueles objetos. Essa é outra regra básica, mas muita gente se esquece de identificar as caixas logo depois de fechá-las, e elas acabam se misturando depois. Aí você já sabe o resultado: um verdadeiro pesadelo para encontrar seus pertences e organizar tudo na casa nova, não é?!

3. Contrate uma transportadora

Você pode até considerar fazer o transporte dos itens por conta própria, desde que tenha tempo, disposição física e veículo adequado para isso. Caso contrário, uma solução bastante viável é contratar uma transportadora especializada em mudanças.

Os profissionais que trabalham nesse ramo já estão bastante habituados com o serviço e, com certeza, saberão organizar as caixas da melhor maneira dentro do veículo, equilibrando o peso dos itens e protegendo os objetos frágeis. Assim, você poupa sua energia para gastá-la com a parte boa do processo: a hora de decorar o novo lar!

4. Proteja os objetos frágeis

Não é porque você contratou uma transportadora que deixará tudo a cargo dos funcionários, ok? Esses profissionais oferecem o serviço de transporte, carga e descarga dos itens, não o empacotamento.

Mas, como você estava atento às dicas anteriores e vai organizar boa parte da mudança com antecedência, isso não será um problema! Agora, é só empacotar as peças frágeis ou valiosas.

Jornais velhos e plástico bolha são perfeitos para proteger objetos quebradiços, como louças e espelhos. Toalhas e cobertores também são ótimas alternativas para enrolar os itens e evitar que eles fiquem de movimentando durante o transporte.

Quanto aos artigos de valor ou de grande estima — como joias, obras de arte ou coleções — recomenda-se transportá-los com você, em veículo particular. Assim, é possível ficar mais tranquilo em relação à segurança desses pertences.

5. Escolha caixas adequadas

Caixas, caixas e mais caixas. Pequenas, médias, grandes. Se tem uma coisa que você vai precisar para organizar a mudança, é de caixas! Elas são as melhores alternativas de armazenagem, tanto pela praticidade de sustentar os itens quanto de carregá-los. Porém, é necessário ficar de olho na qualidade da embalagem.

Dê preferência àquelas de papelão mais resistente — muito utilizadas em depósitos de lojas e supermercados — e jamais ultrapasse o peso suportado pelo recipiente. Para conferir o limite, basta checar na própria embalagem.

É provável que você não possua em sua casa caixas em quantidade suficiente para organizar toda a mudança. Nesse caso, recorra aos estabelecimentos citados acima, onde certamente você as encontrará disponíveis. Apenas tenha cuidado para não pegar aquelas que foram utilizadas para carregar frutas ou outros alimentos.

6. Peça a ajuda de familiares e amigos

Delegar tarefas. Esse é um jeito muito prático de envolver toda a família no processo da mudança, principalmente se for alguém que vai morar junto com você! Aí nada mais justo do que a pessoa ajudar no empacotamento também, concorda? E, mesmo que não seja esse o caso, sempre haverá alguém disposto a dar uma mãozinha.

Pode ser a mãe, o pai, o irmão, os amigos, os vizinhos… Nessas horas, toda ajuda é bem-vinda. Eles podem ser bastante úteis no empacotamento, carregamento e descarregamento dos itens. Depois, quando tudo estiver pronto na casa nova, você faz um chá de panela para recebê-los como convidados, que tal?

7. Monte um kit de sobrevivência

Remédios de uso contínuo, documentos específicos, itens de higiene pessoal… Esses e tantos outros pertences que você utiliza com frequência devem ser guardados separadamente do restante da mudança.

Afinal, nada mais chato do que precisar muito de alguma coisa e não saber nem por onde começar a procurar. Portanto, antes mesmo de chegar o dia da mudança, pense com carinho nos objetos indispensáveis para o seu kit de sobrevivência e mantenha-os sempre por perto!

Agora sim você está pronto para se mudar tranquilamente e com seus pertences em segurança! Se antes batia o desespero só de pensar em como organizar uma mudança, após essa leitura a única coisa que bate é a vontade de abrir as portas e brindar a casa nova, não é mesmo?

Aproveite a inspiração deste post e curta nossa página no Facebook para ficar por dentro das melhores tendências em imóveis!

 

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%