Mercado Imobiliário

Comprar à vista X Financiar o imóvel: Qual a melhor opção?

Apesar de todos nós sabermos da importância do dinheiro, o brasileiro médio não costuma ter muita educação financeira. Enquanto, em alguns países, as crianças aprendem desde a escola quais são as melhores maneiras de investir, nós geralmente agimos pelos caminhos mais simples e menos perigosos.

Por isso mesmo, surgem muitas dúvidas sobre as alternativas para aplicar nosso capital. Mesmo na hora de comprar um imóvel, é comum não sabermos ao certo qual a melhor opção — investimento x financiamento? Quer descobrir a resposta dessa questão? Então, confira nosso post de hoje!

Vantagens de comprar o imóvel à vista

O investimento é uma das opções para quem quer adquirir um imóvel. Se a pessoa conseguir poupar durante muitos anos a fio, ela pode certamente fazer uma proposta e se tornar dona da sua propriedade. E a principal vantagem está aí — com o dinheiro na mão, há poder de barganha, ou seja, é possível negociar bons preços e ficar longe das prestações e dos juros.

No entanto, essa realidade é muito positiva — em teoria. Na prática, quase ninguém pode ficar economizando por tanto tempo, afinal, é preciso morar em algum lugar enquanto a casa própria não chega. O que acontece é que, sem ter um imóvel próprio, é preciso arcar com os custos — cada vez mais altos — de aluguel, e aí fica bem difícil juntar uma quantia vultuosa.

Há, também, outro problema — como dissemos, o brasileiro médio não possui muita educação financeira. Isso quer dizer que ele vai optar por aplicar com baixo risco, como na poupança — que traz um retorno muito pequeno — ou, então, vai tentar ousar no mercado de ações, onde corre o risco de ter grandes prejuízos ao longo do processo.

Em suma, o investimento só é bom para quem não tem nenhuma pressa em comprar o imóvel e para quem consegue guardar um bom dinheiro no final do mês, mesmo arcando com os custos do aluguel e com suas outras despesas.

 

Vantagens de fazer o financiamento imobiliário

O outro lado dessa moeda é o financiamento. E, ao contrário do que muitos possam pensar, ele pode ser extremamente benéfico. O mercado habitacional já conta com planos com prazos de pagamento de até 30 anos, permitindo que as parcelas caibam no bolso do comprador.

Além disso, o ponto crucial dessa alternativa é que, logo após a aprovação pela instituição bancária, a pessoa já pode fazer uma proposta pelo imóvel. Isso também permite certo poder de barganha, e faz a pessoa se livrar rapidamente de uma tremenda dor de cabeça: o aluguel. Esse valor que iria ser “jogado fora” todo mês será, então, usado para pagar as prestações do financiamento.

Na maioria das vezes, os bancos permitem financiar até 80% do valor total, o que faz com que você precise, inicialmente, dar apenas os 20% restantes de entrada. No entanto, isso pode variar de instituição para instituição, o que mostra a necessidade de uma boa pesquisa antes de fechar com a melhor empresa.

E ao contrário do que muitos pensam, não é preciso finalizar o financiamento se você quiser vender seu imóvel — basta transferir o saldo restante do financiamento para o futuro comprador.

 

Conclusão entre comprar o imóvel à vista ou fazer um financiamento imobiliário

Como podemos ver, o investimento pode ser uma boa opção para quem não tem pressa alguma, mas o financiamento certamente é a melhor alternativa para quem quer ser dono da sua propriedade o quanto antes. Ainda ficou com alguma dúvida sobre investimento x financiamento? Quer deixar sua opinião ? Deixe seu comentário e entre para a conversa!

 

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%