credipronto-logo-blog

Imóvel na planta ou pronto: qual a melhor opção?

Imóvel na planta ou pronto? Confira as vantagens e desvantagens de cada um!

Ao fazer a compra de um imóvel, é bastante comum ficarmos em dúvida quanto à modalidade a ser escolhida. Há opções entre propriedades mobiliadas ou não mobiliadas, imóvel na planta ou pronto, e escolher aquele que mais atende aos seus interesses como consumidor nem sempre é tão simples.

Nesse contexto, há questões relativas ao preço do imóvel no contrato de financiamento, as prestações que serão pagas ao longo do tempo, qual o valor delas, se elas poderão ser bem diluídas em prestações menores, entre outras, que devem ser consideradas.

Essas informações são centrais na edição e formatação da relação contratual entre o cliente e a construtora. Elas influenciam diretamente a tomada de decisões importantes, principalmente, na escolha pelo imóvel na planta ou pronto. Nas próximas linhas, trataremos mais detalhadamente sobre o tema. Confira, a seguir!

 

 

O que é um imóvel na planta?

Um imóvel na planta é aquele comercializado nos seus estágios iniciais de construção, e é vendido com base no projeto idealizado pelos engenheiros e arquitetos. Ou seja, não há a construção/materialização do edifício, mas apenas o projeto do que ele será no futuro.

Nesse tipo de venda, há uma dinâmica contratual específica, a partir da qual o imóvel vai sendo construído de acordo com as disponibilidades de financiamentos que chegam até a construtora, tanto por parte das instituições bancárias quanto por meio dos pagamentos das parcelas por parte dos contratantes. Essa dinâmica é bastante permeada por desafios e altos e baixos.

Essa costuma ser uma modalidade escolhida por aqueles que não têm a necessidade imediata de possuir uma residência para viver, mas que, futuramente, a terá. Nesse contexto, optam pela aquisição de uma residência a longo prazo, com parcelas mensais que cabem no bolso e um prazo de espera maior para entrega das chaves.

 

Quais são as vantagens dessa modalidade?

A primeira delas tem a ver com o preço que se paga pelo bem. Geralmente, os imóveis que são vendidos ainda em fase de construção têm um valor menor de compra e maiores prazos, com menores parcelas. É uma vantagem que auxilia muito aqueles que não conseguem arcar com parcelas mais altas e, além disso, necessitam de mais prazo para adimplir a relação contratual.

Outro benefício do imóvel na planta é a possibilidade de negociar modalidades distintas de unidades imobiliárias , pois o edifício ainda está em construção e, ao longo do processo, poderá ser ampliado, modificado ou aperfeiçoado. É possível que apartamentos com mais quartos surjam, ou ainda, que a sua unidade imobiliária seja aumentada. Então, há sempre vantagens na proposta de aquisição de imóveis na planta.

 

Quais são as desvantagens de comprar imóvel na planta?

Assim como é possível indicar vantagens da modalidade de contratação de imóvel na planta, há desvantagens nessa proposta, também. A primeira delas é o tempo de espera: como o edifício está em construção, haverá necessariamente um período considerável de aguardo nesse processo. Muitas vezes, são anos de espera!

Outra desvantagem é a mutabilidade que pode ocorrer na proposta de venda inicialmente apresentada. Em razão das diversas negociações multilaterais que se dão ao longo da construção do imóvel, das mudanças que ocorrem em razão dos efeitos das chuvas, temporais e demais possíveis mudanças climáticas, a unidade imobiliária adquirida pode sofrer reais modificações, sendo entregue significativamente diferente de como foi estabelecido em contrato.

Além disso, os imóveis que são vendidos na planta correm o risco de não serem, de fato, sequer entregues. Isso porque há a ameaça de, ao longo da relação contratual, o nível de inadimplência ou demais fatores de risco presentes no contrato impeçam a conclusão da construção do edifício ou do imóvel negociado. Nesses casos, há o rompimento do contrato, com a devolução ou, até mesmo, a perda do valor investido para aquisição do bem.

 

 

O que é um imóvel pronto para morar?

Um imóvel pronto é aquele que é vendido após a conclusão das suas etapas de construção, podendo, ou não, apresentar a necessidade de mudanças ou reparos. Nesse caso, a contratação do imóvel e a sua disponibilização tende a ser imediata, em vez de se esperar pela finalização da construção, como acontece nas compras de imóvel na planta.

Geralmente, esses imóveis são anunciados com todos os cômodos e demais características estáveis e já definidos. Então, é uma contratação de caráter previsível, com objeto contratual claro e, provavelmente, multas e cláusulas contratuais mais rigidamente estabelecidas.

Os imóveis prontos são ideais para aqueles que não podem ou não querem aguardar por muito tempo para terem acesso a uma moradia. Considerando, em geral, o contexto de que ele está pronto para uso, o acesso imediato costuma ser um atrativo para aqueles que não desejam esperar.

 

Quais são as vantagens e desvantagens dessa modalidade?

Assim como o imóvel na planta, o imóvel pronto também tem vantagens e desvantagens que influenciam diretamente a tomada de decisão sobre a sua aquisição. Entender essas questões é muito importante para tomar decisões acertadas no momento da contratação.

A principal vantagem é o tempo de espera pelo imóvel: em geral, bastante reduzido. Como ele está pronto para uso, a disponibilidade é imediata. As desvantagens dizem mais respeito ao fato de o imóvel de estar totalmente finalizado, sem margens para modificações, sugestões e alterações. Isso enrijece as possibilidades e os caminhos contratuais.

Essas são as informações mais importantes quando tratamos da dúvida sobre comprar imóvel na planta ou pronto. Agora, você já sabe o que são exatamente as duas modalidades e quais são as vantagens e desvantagens de cada opção para, uma vez em posse dessas informações, tomar as decisões mais convenientes e adequadas ao contexto em questão.

Gostou das informações? Então, entre em contato conosco e saiba mais sobre como podemos ajudar você na aquisição do seu imóvel!

 

Conheça a CrediPronto

A CrediPronto é uma instituição financeira especializada em financiamento imobiliário. Criada pelo Banco Itaú , a empresa já emitiu mais de 60 mil contratos e está presente em todos os estados do Brasil, incluindo o Distrito Federal.

Por aqui, é possível utilizar o seu FGTS como uma forma de reduzir a sua dívida. Além dessa vantagem, nosso crédito imobiliário conta com outras excelentes e você pode:

  • financiar até 90% do valor;
  • pagar em até 30 anos;
  • contar com parcelas decrescentes.

Isso tudo com um atendimento rápido e eficiente. Em menos 24 horas, você recebe a análise da sua proposta e pode dar o início ao seu sonho de ter um imóvel próprio.

Faça agora mesmo a sua simulação e conte com as melhores condições do mercado.

A CrediPronto é uma empresa intermediadora de financiamento imobiliário que foi criada pelo Itaú. Ao financiar com a CrediPronto você tem consultoria gratuita com profissionais especialistas, que vão acompanhar seu processo de perto do começo ao fim e te ajudar no que for necessário, além de outras vantagens.

Na CrediPronto, a taxa de juros padrão é a partir de 10,49% ao ano + TR. ________

O financiamento imobiliário CrediPronto é exclusivamente com o banco Itaú.

Você pode quitar o seu imóvel em até 35 anos (420 meses). Podendo também quitar antes.

Você pode financiar até 90% do valor do imóvel.

Tem o sonho da casa própria?

Financie até 90% do imóvel com taxa a partir de 10,49% ao ano+TR, podendo pagar em até 420 meses (35 anos).