Financiamento Imobiliário

Como sacar o FGTS para a compra de um imóvel?

FGTS sempre é um tema que deixa muitas dúvidas, visto como burocrático, de difícil utilização, as pessoas acabam deixando de aproveitar esse benefício por não saber de que maneira podem utiliza-lo. Mensalmente o empregador faz um depósito de 8% sobre o salário bruto, entenda que ele não é um desconto no seu salário, e sim uma espécie de “poupança” que é feita em uma conta na Caixa Econômica Federal. Esse saldo é atualizado mensalmente e o valor anual dessa poupança é mais ou menos um salário por ano.

Como consultar o saldo do FGTS?

A consulta do saldo pode ser feita em uma agência da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ou pelo site da CAIXA através do link https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01 (é necessário o número do PIS para consulta).

Quais os documentos necessários para sacar o Fundo de Garantia?

Os documentos são bem simples, muitos você já tem em casa:

  • CTPS- Carteira de trabalho;
  • Comprovante de residência atualizado e mais 1 comprovante de 1 ano atrás;
  • Extratos das contas de FGTS (você obtém pelo site nesse link, ou em qualquer agência da Caixa);
  • Imposto de Renda do último exercício;
  • Formulários da Instituição financeira (serão entregues a você pela própria instituição)

Utilizando o FGTS na compra do imóvel

Como existem diversas regras para a utilização do FGTS, os bancos dividiram em enquadramentos, utilizando formulários de autorização de movimentação de conta vinculada, chamados de Damp.

Veja abaixo os três principais enquadramentos para utilização do FGTS para o financiamento imobiliário:

DAMP I – Aquisição a vista com FGTS/ Percentual de entrada

  • Carência de 3 anos vinculada ao imóvel.

DAMP II – É possível utilizar o FGTS para amortização do saldo devedor, nas parcelas ou valor da prestação. Além da possibilidade de liquidar seu saldo devedor.

  • Carência de 2 anos vinculadas ao comprador
  • Não é permitido utilização para pagamento em atraso.

 

DAMP III – Utilização no abatimento das prestações do contrato de financiamento.

  • É possível também utilizar o recurso para abatimento de até 80% do valor da prestação mensal do financiamento, pode ser abatido no período de 12 meses, além de poder ser utilizada para pagamento de até 3 parcelas em atraso.
  • Intervalo mínimo de 12 meses entre as utilizações.

Há também uma série de regras gerais, que valem para todos os casos. Confira:

  • Possuir 3 anos de trabalho CLT, considerando todo o período trabalhado
  • O imóvel deve estar localizado no mesmo município de ocupação profissional ; no município onde reside há mais de 1 ano ; na mesma região metropolitana.
  • Não possuir qualquer outro financiamento no SFH (Sistema Financeiro de Habitação) ; ser proprietário de outro imóvel em fração superior a 40%, no mesmo município de sua residência.
  • Estar em território urbano; Apenas imóveis residenciais.
  • Estar enquadrado no sistema SFH, imóveis até 950.000 (SP, RJ, MG e DF). Para demais localidades o valor máximo é de 800.000.
  • O valor do FGTS deve corresponder no mínimo ao valor de 1 prestação mensal.

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%