Conheça a nova modalidade de financiamento de imóveis

Conheca-a-nova-modalidade-de-financiamento-de-imoveis

O mercado brasileiro há muitos anos oferece diversos tipos de financiamento com taxas de juros diferenciadas. As instituições financeiras fazem a análise do crédito de acordo com o perfil do solicitante e liberam os valores para a aquisição de imóveis de acordo com as possibilidades dos consumidores. Mas há pouco tempo houve o lançamento de uma oportunidade mais vantajosa.

Aqui, você vai descobrir uma nova modalidade de financiamento imobiliário apresentada nos últimos meses e entender como ela funciona. Após concluir esta leitura, você entenderá quais são as mudanças e todas as novidades desta nova opção, bem como os benefícios que poderão ser obtidos por meio dela para a compra de terrenos, casa ou apartamento.

Precisa obter mais informações sobre a nova modalidade de financiamento de imóveis? Prossiga!

Como funciona a nova modalidade de financiamento?

Recentemente foi lançada uma linha de crédito imobiliário que conta com uma taxa fixa e sem correção monetária. Os juros da nova modalidade iniciam a partir de 8% ao ano e podem chegar ao máximo até 9,75%. Essas condições valem para imóveis residenciais usados ou novos cuja quota do financiamento chega a 80%. Essas regras foram estipuladas para dar estímulo à construção civil.

A taxa poderá ser mais benéfica para os consumidores que já têm relacionamento com a instituição bancária, sendo de 8% a 9,50%. Para aqueles que não têm proximidade, a taxa será de 9,75%. Os clientes escolhem o sistema de amortização que pode ser pela tabela PRICE no caso de financiamentos com até 20 anos ou SAC para contratos de até 30 anos.

Dessa forma, as instituições financeiras estão oferecendo aos clientes 3 modalidades de crédito para a aquisição de imóveis, uma delas sem correção, outra com lastro no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e a última com Taxa Referencial (TR) mais os juros. A nova opção não utiliza indicadores de correção e apresenta juros fixos, diferente das demais.

Quais são os benefícios dela?

O maior benefício é a redução da taxa de juros que além de mais baixos são fixos para os financiamentos concedidos pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Quando são realizados os cálculos dos valores finais, percebe-se que os clientes terão uma vantagem considerável em comparação às outras modalidades disponíveis no mercado. A TR está zerada para quem deseja investir no ramo imobiliário.

Vale destacar que os correntistas que contarem com um histórico de crédito e costumam fazer os seus investimentos na instituição financeira conseguirão obter taxas mais baixas. Por outro lado, se o solicitante oferecer uma entrada para comprar o imóvel, o financiamento será menor e os juros ainda mais atrativos. Prazos estendidos de quitação exigem juros maiores por causa do risco envolvido nas operações.

Apesar disso, o novo crédito imobiliário é mais vantajoso e oferece taxas menores para todos. Se as taxas forem flutuantes e variáveis conforme a inflação, o valor fechado na contratação poderá mudar ao longo dos anos. Por este motivo, a nova modalidade pretende ajustar o orçamento dos clientes às oscilações dos juros.

Há possibilidades de renegociar os empréstimos já realizados caso a pessoa tenha atrasado o pagamento dos valores por mais de 1 ano. Algumas instituições lançaram programas para possibilitar a renegociação em virtude da pandemia por COVID-19. Com as novas regras, as dívidas poderão ser quitadas à vista com a aplicação de descontos de 40% a 90% conforme forem as condições do devedor.

Quais são os diferenciais dessa modalidade?

As famosas taxas de balcão cobradas das pessoas que fazem financiamentos com os bancos ou financeiras também foram reduzidas. Ainda que os solicitantes não sejam clientes do banco, eles serão beneficiados, já que antes os juros eram de 11% ao invés de 9,75%. Nesta nova opção de crédito imobiliário, os compradores assumem parcelas bem menores considerando a inflação atual do Brasil.

No ano passado, foi lançada a linha de correção pelo IPCA. Porém, com a modalidade mais atual, os juros são fixos e sem índice de correção. Na opção pós-fixada incide correção pela TR, juros cobrados ao ano e prazo de pagamento em até 35 anos, com possibilidade de uso dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da poupança.

Para que ela pode ser usada?

A nova modalidade de financiamento pode ser usada para comprar terrenos, casas ou apartamentos residenciais, tanto os novos quanto os usados. Não são exigidos pré-requisitos para a participação e as indicações são feitas de acordo com os objetivos de seus clientes. Sendo assim, as outras linhas continuam existindo e são válidas para aqueles que desejarem escolhê-las.

Pessoas com maior poder aquisitivo vão utilizá-la para adquirir imóveis de alto padrão. Mas os programas para aquisição de casas ou apartamentos mais simples continuarão ativos e com as suas próprias taxas inalteradas. O consumidor pode utilizar um simulador para averiguar se essa nova opção de crédito é benéfica diante de suas condições particulares.

Diversos bancos não permitem que os seus clientes troquem a linha de crédito se já fizeram a opção por outra no passado. Não é permitido alterar a modalidade para aproveitar essa alternativa que é bastante tentadora. Contudo, algumas instituições possibilitam a portabilidade do financiamento . Antes de optar, faça uma avaliação de todos os fatores para tomar a decisão mais acertada.

Considere que esse novo crédito imobiliário foi disponibilizado para novas contratações para a aquisição de lote individualizado ou para a construção individual por pessoas físicas. Essa é uma consequência das medidas de isolamento social, determinada em virtude da pandemia de COVID-19. As pessoas começaram a procurar casas próximas à natureza, com espaço no pátio e quintal.

Para a compra de lotes urbanos é possível parcelar entre R$ 50 mil até R$ 1,5 Milhão com cota de financiamento de 70% do valor do terreno. A dívida poderá ser paga em 20 anos. Há ainda a possibilidade de financiar a aquisição do terreno e a construção ou apenas a construção em terreno próprio. Vale a pena conferir todas as oportunidades.

Esta é a nova modalidade de financiamento de imóveis, seus diferenciais e os benefícios que ela proporciona aos usuários! Caso você ainda não tenha optado por um empréstimo, faça uma pesquisa de mercado para averiguar todas as linhas de crédito disponíveis após a crise ocasionada pelo novo Coronavírus.

Deseja saber mais sobre esta ou outras opções de financiamentos? Fale com a nossa equipe de profissionais e obtenha as suas respostas!

A CrediPronto é uma empresa intermediadora de financiamento imobiliário que foi criada pelo Itaú. Ao financiar com a CrediPronto você tem consultoria gratuita com profissionais especialistas, que vão acompanhar seu processo de perto do começo ao fim e te ajudar no que for necessário, além de outras vantagens.

Na CrediPronto, a taxa de juros padrão é a partir de 10,49% ao ano + TR. ________

O financiamento imobiliário CrediPronto é exclusivamente com o banco Itaú.

Você pode quitar o seu imóvel em até 35 anos (420 meses). Podendo também quitar antes.

Você pode financiar até 90% do valor do imóvel.

Tem o sonho da casa própria?

Financie até 90% do imóvel com taxa a partir de 10,49% ao ano+TR, podendo pagar em até 420 meses (35 anos).