Corretores de Imóveis

Saiba o que é rapport e como aplicá-lo em vendas

Nunca fale com estranhos. Quem nunca ouviu esse conselho quando criança? Trata-se de uma sabedoria popular que corre o mundo, presente até nos contos de fadas. O pior é que realmente temos a tendência natural de temermos os ditos estranhos. Há quem relacione esse comportamento à lei de conservação das tribos pré-históricas, quando os diferentes representavam uma ameaça ao DNA do grupo.

Quer ver? Repare nas suas redes sociais: provavelmente você interage mais com amigos ou com aqueles que compartilham das mesmas ideias que você, não é verdade?

Mas e o que isso tem a ver com a corretagem de imóveis? Tudo! Afinal, o corretor não pode ser esse estranho aos olhos dos clientes. É fundamental que ele tenha a abordagem certa para, pouco a pouco, conquistar a confiança, tanto dos proprietários quanto dos compradores. Para estreitar esses laços, muitos profissionais empregam a técnica do rapport. Quer conhecê-la? Então fique ligado!

O que é rapport?

Empatia. Se existe uma palavra capaz de resumir a essência do rapport, certamente é essa. Basicamente, a ideia é criar um laço de confiança com o consumidor, mas, para isso, é preciso entrar de cabeça no seu universo. Você deve conhecer suas crenças, gostos, opiniões, entre outros aspectos de personalidade. Enfim, ver o mundo sob a perspectiva dele!

É importante lembrar sempre que a corretagem de imóveis é um serviço que, para ser contratado, exige uma boa dose de confiança por parte dos clientes. De um lado, os proprietários só entregarão as chaves do imóvel para a venda caso acreditem na índole do corretor. De outro, os compradores não finalizarão a venda se suspeitarem de algum problema na unidade.

Como aplicá-lo em vendas?

Agora que você já sabe o que é o rapport, é chegado o momento de descobrir como fazer para aplicá-lo na prática! Na verdade, a tática se refere a um conjunto de ações que, quando exercitadas, trabalham a confiança do consumidor no profissional. Vamos conferir cada uma delas? Acompanhe!

Linguagem corporal

Contato visual, aperto de mão firme, postura ereta. Sim, ter uma linguagem corporal adequada é o primeiro passo para desenvolver e aprimorar a técnica do rapport, afinal, nosso corpo comunica muito mais do que imaginamos! Ele pode transmitir sentimentos como insegurança, medo, raiva, autoconfiança, afeto, poder, entre outros. Analisar a linguagem corporal do cliente também é um bom começo para entrar no mundo dele.

Espelhamento

Outra técnica de rapport é o espelhamento. O princípio é este mesmo: copiar, ou espelhar, os gestos e a postura do cliente, absorver suas opiniões, entre outras atitudes. Mas cuidado! O espelhamento deve ser feito de maneira sutil, caso contrário, o cliente poderá se sentir desconfortável, confuso ou até ofendido com a postura do corretor.

Como conhecer seus clientes?

Por fim, nossa última dica é que o corretor pesquise bastante sobre a sua clientela. Como fazer isso? Um bom começo é descobrir qual é o perfil dos moradores da região onde você costuma vender seus imóveis. Embora não seja uma resposta definitiva, ela serve como uma amostragem, para que o corretor entenda, de uma forma geral, como se comporta o seu público — tanto os proprietários quanto os compradores.

Gostou de conhecer a técnica do rapport? Que tal saber ainda mais sobre como obter mais clientes?

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%