Financiamento Imobiliário

Saiba como obter financiamento para sua casa de praia

Quando se fala em financiamento de imóveis, é muito comum que a casa na cidade seja a primeira imagem a surgir na cabeça. Mas há outra possibilidade a ser explorada: a aquisição de uma casa de veraneio.

Sabe aquele sonho de ter uma casa perto da praia? Com o financiamento, ele é possível. Porém, como se trata de um segundo imóvel, muita gente tem dúvidas sobre o que é preciso fazer para conseguir a aprovação do crédito.

Quer saber como obter financiamento para essa finalidade? Então leia este post e descubra:

As regras são as mesmas

Diante da necessidade crescente de imóveis para as férias, sejam eles na praia ou no campo, muitas instituições financeiras oferecem linhas de crédito específicas voltadas para esse tipo de aquisição.

Isso acontece especialmente em instituições que têm limitações quanto a já possuir um imóvel ao fazer um financiamento. Porém, o mais comum é que seja utilizada a linha de financiamento tradicional. Nesse caso, valem as mesmas regras que um financiamento normal.

É preciso obedecer a alguns limites de valores, assim como é necessário oferecer uma entrada dependendo da linha de crédito. O prazo de pagamento também é o mesmo — isto é, pode variar até 30 anos, dependendo do valor e do sistema de amortecimento utilizado.

Quem for casado precisa apresentar documentos de identificação pessoal e do cônjuge e a comprovação de renda serve para que seja realizada a aprovação de crédito.

Os tipos de imóvel podem variar

Não é porque se trata de uma casa de veraneio que o imóvel precisa, necessariamente, ser novo. Na realidade, como segue as mesmas regras do financiamento tradicional, ele pode ser feito tanto para imóveis novos quanto para usados ou na planta. Dependendo do caso, também é possível optar pela construção do imóvel, de modo que o financiamento seja feito para a aquisição de terreno e/ou construção.

A necessidade de renda se mantém

Também é possível manter dois financiamentos ativos, referentes à casa própria para moradia e à casa de veraneio. A única questão envolvida é que a necessidade de renda se mantém para este novo financiamento, o que significa que você não pode ter mais do que 30% da renda comprometida, ao total.

Se o outro financiamento compromete 20% da sua renda, a parcela do novo financiamento poderá comprometer até 10% da renda, no máximo. Para quem não tem outro financiamento é ainda mais fácil, já que as possibilidades quanto ao valor da parcela mensal são maiores.

A taxa de juros pode ser menor

Como quem compra uma casa de veraneio já possui uma casa própria, isso significa que há uma situação financeira melhor ou então que o primeiro financiamento foi ou está sendo concluído com sucesso.

Esse fato dá às instituições financeiras mais segurança na hora de conceder o crédito. Com isso, muito embora essa linha de financiamento tenha as mesmas regras, frequentemente tem taxas de juros mais baixas, garantindo uma aquisição ainda mais fácil.

Para obter um financiamento para sua casa de praia, as regras que se aplicam são as mesmas do financiamento “tradicional”. Inclusive, dá para manter dois financiamentos ao mesmo tempo se a sua renda permitir. Com isso, é mais fácil conseguir ter uma nova casa para passar férias e descansar!

Para esclarecer de vez várias dúvidas que você possa ter sobre o financiamento, aproveite para ler este post com os mitos e as verdades sobre o financiamento.

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%