Mercado Imobiliário

Saiba como fazer seguro de imóveis!

Um imóvel representa uma grande parcela do patrimônio de uma família ou empresa. E diversos são os problemas que podem afetar sua estrutura e seu interior. Por isso, é importante poder contar com a cobertura de um seguro de imóveis para resolvê-los com agilidade e minimizar os danos causados.

Afinal, acidentes, falhas relacionadas ao mau uso ou à falta de manutenção e, até mesmo, desastres naturais são apenas alguns dos infortúnios que podem acometer um imóvel, causando prejuízos e desconfortos.

Assim, é recomendável que se tenha um seguro que proteja seu patrimônio. Mas, é preciso cuidado na hora de contratar um plano para que ele seja o ideal para suas necessidades e não traga mais problemas em um eventual sinistro. Quer saber como? Continue sua leitura que falaremos sobre isso.

Como contratar o seguro de imóveis ideal

Um seguro de imóveis cobre uma série de danos à sua estrutura e também aos bens materiais que estejam em seu interior. No entanto, tudo depende da apólice e da seguradora contratada.

Isso porque há coberturas das mais variadas. Elas incluem, basicamente, proteção contra incêndios, vendavais, roubos e panes elétricas. Mas, há ainda uma série de outras coberturas adicionais como a de responsabilidade civil, contra alagamentos, assistência 24 horas, entre outras que podem complementar a apólice.

Além disso, é preciso que a seguradora tenha credibilidade para oferecer a proteção a seu imóvel. Por isso, separamos abaixo algumas dicas para escolher o melhor plano e contratar o seguro de imóveis ideal para você. Confira!

1. Conheça bem o seu perfil

Os seguros de imóveis possuem diversos tipos de cobertura justamente para se encaixarem em todos os perfis. Assim, para saber quais são as melhores para seu caso, é importante traçar seu perfil, avaliando quais são os riscos que seu imóvel mais corre e quais são os irrelevantes.

Se sua casa está em uma área de muitos assaltos, se sofre com batidas de carros nos muros, se há muita incidência de relâmpagos e raios ou se o imóvel fica em áreas de enchentes, são alguns exemplos de riscos que devem ser levados em consideração na hora da escolha.

Ainda, pense na situação da rede elétrica da casa, dos encanamentos, se há crianças e cachorros, entre outras situações que aumentam a probabilidade de prejuízos.

 

2. Busque uma seguradora com credibilidade

Confira se a seguradora possui experiência no mercado, se não há muitas reclamações dela na internet e nos órgãos de proteção ao consumidor. Veja, também, se tanto a seguradora como o corretor estão cadastrados na Superintendência de Seguros Privados – Susep.

 

3. Obtenha informações sobre as coberturas

Primeiramente, veja qual a cobertura básica do seguro. Depois, peça para que o corretor mostre todos os adicionais. Só contrate aqueles que se encaixem no seu perfil.

Se a casa ou apartamento estiver em um condomínio, confira antes a apólice dele. Muitas situações já são compreendidas pelo seguro do condomínio não sendo necessário, portanto, cobri-las novamente.

4. Saiba o valor da franquia

Pergunte, antes de fechar o contrato, pelo preço da franquia. Esse é o valor que você deverá pagar no caso de acionamento do seguro por conta de um sinistro.

Veja, também, se há coberturas livres de franquia e em quais casos ela deve ser paga. Muitas vezes, a cobrança de franquia em serviços e coberturas adicionais acabam inviabilizando a contratação de uma apólice.

5. Leia atentamente seu contrato

Ao finalizar, verifique se tudo o que foi combinado está redigido no contrato. Valores a serem pagos, franquia, duração da apólice, coberturas básica e adicionais, etc. Além disso, confira se seus dados e os do imóvel estão corretos. São itens importantes para que não haja problemas ao acionar seu seguro em um sinistro.

Como vimos, o seguro de imóveis é importante para proteger o patrimônio imobiliário de uma família ou empresa. Porém, é preciso escolher uma seguradora séria e a cobertura que mais se encaixa em seu perfil, para que não haja pagamentos desnecessários, nem que a apólice deixe de cobrir um prejuízo causado por sinistro.

Gostou de nossas dicas? Quer saber mais sobre o mercado de imóveis? Então aproveite para ler nossas 5 dicas essenciais para quem quer comprar o segundo imóvel!

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%