Mercado Imobiliário

Quando comprar um imóvel? Saiba qual o melhor momento

Realizar o sonho da casa própria é uma tarefa que exige muito planejamento e cautela, concorda? E, diante do cenário de instabilidade econômica no país, fica ainda mais difícil saber quando comprar um imóvel.

Quer adquirir um imóvel sem gerar grandes complicações e futuros problemas financeiros? Então confira seguir alguns fatores indispensáveis que você deve considerar antes de tomar a decisão final!

Cuidado com os juros altos

Em tempos de crise, a inflação acaba consumindo grandes porcentagens da renda familiar. E com a alta dos juros, aumentam também as parcelas de financiamento, o que resulta em um compromisso financeiro salgado todos os meses.

No mínimo, comprar um imóvel requer um investimento de médio a longo prazo. Por isso, avalie bem as finanças da família, prefira um estilo de vida que permita economias, gerencie bem o seu orçamento e faça simulações antes de partir para um financiamento.

Além disso, você também pode consultar especialistas em financiamento imobiliário e avaliar quanto crédito tem disponível. Dessa forma, quando decidir comprar um imóvel, terá total certeza de que poderá arcar com todas as parcelas, taxas e impostos envolvidos no processo.

Atente para a sua estabilidade financeira

Você possui algum capital guardado? Qual é a sua renda mensal? Você tem um emprego estável? Quanto do orçamento você pretende dedicar para a realização do sonho da casa própria?

Todos esses fatores devem ser considerados com atenção na hora de comprar um imóvel. Isso porque, se não conseguir manter a estabilidade financeira em longo prazo — como consequência de desemprego, dívidas e mau gerenciamento do orçamento, por exemplo —, um financiamento simples pode se tornar um grande problema. Por isso, o ideal é nunca dedicar mais que 30% da sua renda mensal às parcelas do financiamento.

Se você já dispõe de algum capital para investir na compra do imóvel, uma boa saída é dar a maior entrada que conseguir (aconselham-se entradas acima de 50% do valor total). Assim, você encurta o prazo do financiamento, paga menos juros e corre menos riscos de se endividar.

Caso esteja com o orçamento curto, pode ser que você tenha que adiar a compra do imóvel para quando as finanças estiverem mais aliviadas. Nesse sentido, uma alternativa é juntar dinheiro para adquirir um imóvel de valor menor e ir solidificando seu patrimônio aos poucos.

Avalie possibilidades de investimento

Se o objetivo é guardar dinheiro para adquirir um imóvel, além de considerar o seu orçamento atual, você ainda pode investigar possibilidades de investimento em renda fixa ou aplicações financeiras de baixo risco, públicas ou privadas. Assim, você pode angariar o que faltava para a compra de um imóvel enquanto organiza com calma a sua vida financeira.

Entre os títulos públicos, você pode optar pelos Certificados de Depósito Bancário (CDB), Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito Agropecuário (LCA), com garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Caso não precise do dinheiro investido por alguns anos, estas são as opções de investimento em títulos públicos mais indicadas.

E então, o texto foi útil para você? Conhece alguém que se interessa pelo assunto? Que tal compartilhar o post nas redes sociais e acompanhar sempre nossas publicações?

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%