Conteúdo em áudio Corretores de Imóveis

Metodologia SMART: aprenda a traçar metas de forma eficiente

Você também pode ouvir esse conteúdo.

Com a enorme competitividade do mercado atual, empresas de todos os portes e segmentos de negócio precisam maximizar seus resultados o tempo todo. Uma das formas de orientar o trabalho dos colaboradores em busca dos objetivos estratégicos é a criação de metas a serem cumpridas. E para que as metas sejam criadas de forma alinhada e assertiva, a metodologia SMART é uma opção inteligente!

Idealizada por Peter Drucker, considerado um dos principais mestres da administração contemporânea, ela auxilia na construção eficaz de metas empresariais. Quer descobrir como ela funciona? Neste post, apresentamos o significado de cada uma das letras que compõem a sigla. Acompanhe!

O que é metodologia SMART?

A sigla SMART não tem tradução para o português, mas cada uma de suas letras corresponde a um valor que deve ser levado em consideração no momento de se definir uma meta. São elas:

S — Specific (Específica)

As metas devem ser traçadas para alcançar resultados específicos. Metas genéricas acabam se perdendo no caminho e não levam a resultados satisfatórios.

Por exemplo: imagine que uma imobiliária pretenda vender mais apartamentos nos próximos seis meses. O que significa vender mais apartamentos? Como isso deve ser interpretado? A meta deverá ser traçada da forma mais precisa possível, com um número concreto a ser perseguido. Ficaria assim: vender 20% a mais de imóveis nos próximos seis meses, em relação ao mesmo período do ano passado.

M — Measurable (Mensurável)

A mensuração é a única maneira de se comprovar o trabalho realizado e garantir a evolução no cumprimento das metas.

No caso de uma empresa, é possível mensurar seus resultados por meio de análises internas, relatórios e resultados obtidos. A mensuração deve ser feita, preferencialmente, usando análises numéricas, pois isso a torna mais objetiva.

Por exemplo: você pode mensurar a qualidade do seu trabalho por meio de um feedback com o seu gestor. Nesse caso, os profissionais conversarão, chegando à conclusão sobre o seu desempenho.

Apesar dessa iniciativa ser uma excelente ferramenta de aprendizado, ela não é adequada para a metodologia SMART. Esse método pede algo menos abstrato e mais focado.

Sendo assim, um profissional que precisa avaliar se a qualidade do seu trabalho melhorou precisa ter acesso às métricas de desempenho, como o crescimento no número de vendas, atrasos etc.

A — Attainable (Atingível)

Um grande problema na definição de metas pode ser uma ambição incompatível com as possibilidades do mundo. Metas excessivamente otimistas (ou melhor, irrealistas) são inatingíveis e acabam gerando o efeito contrário. Em vez de trabalhar para alcançar o resultado, ela é desmotivante, quando se percebe que o número estipulado não será atingido.

A frustração gerada pode reduzir a autoestima do profissional, fazendo com que ele desista de seus objetivos profissionais.

Para não cair nesse erro, é necessário fazer uma avaliação interna e externa antes de cravar suas metas.

Imagine que um corretor de imóveis, recém-formado, estabeleceu como meta ganhar o mesmo salário que o melhor profissional do ramo da sua cidade. Esse corretor não considerou que ele ainda não tem uma carteira de clientes, que não estabeleceu seu público-alvo e que precisa lidar com a concorrência presente no mercado imobiliário.

Além desses fatores internos, que falam especificamente do profissional, existem questões externas, como a diminuição na oferta de crédito de financiamento, a lenta recuperação econômica etc.

Tudo isso faz com que o sonho desse jovem corretor se torne muito difícil de ser realizado, uma vez que ele está ignorando uma série de pontos. Por isso, seria muito mais inteligente estabelecer metas realistas, como fazer parcerias com X imobiliárias, entender como a economia influencia o mercado de imóveis etc.

R — Realistic (Relevante)

As metas devem estar de acordo com o planejamento estratégico da organização. Voltando ao exemplo da imobiliária que quer vender mais apartamentos: para que ela precisaria incluir uma meta de aumento de aluguéis no seu planejamento?

No caso dos profissionais liberais, é interessante contextualizar essa meta para o seu objetivo de vida. Nesse caso, pode ser útil parar por um momento para buscar algumas respostas sobre si mesmo.

Por que você precisa vender mais? A resposta para essa questão pode estar relacionada ao sonho do corretor em dar às pessoas que ele ama uma vida melhor, ou porque ele quer ser reconhecido como um profissional de sucesso etc.

Não se sinta constrangido em ser sincero nessa análise. A metodologia SMART tende a trazer melhores resultados quando as metas  realmente significam algo para o indivíduo.

T — Time Bound (Temporizável)

Metas devem ter um prazo de validade. A meta vender 100 imóveis não diz nada se não houver um prazo para o cumprimento. Vender 100 imóveis em 5 anos é uma coisa, mas em 2 anos é outra.

Cumprir com o prazo determinado ainda tem um fator motivacional que fará com que a empresa (ou o profissional) consiga valorizar o tempo que tem à sua disposição.

Ademais, caso os prazos fiquem muito apertados, isso pode indicar que existe um problema a ser solucionado. Talvez esses prazos não sejam adequados ou o profissional esteja se autossabotando.

Como traçar metas utilizando a metodologia SMART?

A metodologia SMART funciona como um checklist, que o auxilia o profissional no momento de traçar suas metas. Cada uma delas deve ser pensada levando em consideração cada uma das etapas da metodologia.

Como a metodologia SMART pode ser aplicada no mercado imobiliário?

A metodologia SMART depende da realização de um planejamento estratégico, seja qual for o porte da empresa. No caso de uma imobiliária, é preciso saber quais são os objetivos da empresa, o posicionamento mercadológico, os investimentos que pretende fazer e em que estágio pretende estar daqui 5 ou 10 anos.

Vamos a um exemplo de uso da metodologia SMART: a Imobiliária X quer aumentar suas vendas em 15%(mensurável), no período de 12 meses, em comparação ao ano passado (temporizável). A imobiliária venderá imóveis do Minha Casa Minha Vida (específico) para expandir sua marca nos 3 bairros em que atua (relevante para o negócio).

Como vimos, a metodologia SMART pode ser aplicada tanto nos negócios quanto na rotina de profissionais liberais, como os corretores de imóveis independentes. Para isso, basta que a pessoa pare um tempo para estudar e avaliar as suas metas.

Gostou deste artigo? Então, siga o nosso blog nas redes sociais. Estamos no FacebookYouTube e LinkedIn.

Faça uma simulação e financie até 82%

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.