Corretores de Imóveis

Indicadores de performance: o que são e por que corretores precisam?

Quem atua no mercado imobiliário, seja administrando uma agência do setor, seja trabalhando de forma autônoma, sabe que a eficiência para fechar negócios está diretamente relacionada à produtividade dos corretores de imóveis.

Para conhecer melhor a eficácia de sua equipe, os gestores costumam contar com a ajuda dos KPIs (Key Performance Indicators) ou indicadores de performance para corretores. Com isso, eles conseguem avaliar o desempenho de cada um e usar os números certos para tomar decisões estratégicas.

No post de hoje, você vai aprender um pouco mais sobre essas medidas que todo corretor deveria acompanhar para fazer uma boa gestão. Acompanhe:

Prospecção

A prospecção é um indicador que contabiliza a capacidade de procura de compradores que cada corretor precisa fazer individualmente. Quanto maior o número de contatos (prospects) feitos por ele, maiores são as chances de fechar negócios dentro desse grupo.

Taxa de conversão

A partir do número de prospects selecionados por cada corretor e da qualidade do relacionamento estabelecido com eles, é possível elaborar um índice de contatos que foram convertidos em vendas. Esse indicador é uma excelente ferramenta para avaliar os níveis de rejeição de cada agente e para descobrir suas possíveis origens.

Tempo médio das visitas

Quanto mais ágil for o atendimento do corretor, mais produtivo ele pode ser para a imobiliária. Isso porque, ao economizar tempo com as visitas, ele tem disponibilidade para vistoriar um maior número de imóveis, aumentando suas chances de vendas.

Número de propostas

Mensurar quantas visitas foram convertidas em propostas é, embora pouco utilizada, uma forma de qualificar os corretores no que diz respeito à qualidade e à persuasão de sua abordagem. Também ajuda a ter uma noção do número de negócios que estão prestes a ser concretizados e quantificar as oportunidades perdidas.

Efetividade das visitas

Esse é mais um dos tipos de indicadores de performance selecionados para medir a capacidade de negociação do corretor, pois está relacionado às visitas que foram bem-sucedidas, ou seja: que resultaram em algum fechamento de negócio.

Ticket médio

O ticket médio é um dos indicadores de performance para corretores mais populares do setor imobiliário, sendo atualmente adotado por quase todas as empresas deste ramo.

Para calculá-lo, basta fazer a divisão do valor derivado das vendas de imóveis realizadas em um determinado período pelo número de acordos fechados nesse tempo. Quanto maior for o resultado, melhor será a qualidade da performance do corretor.

 

Número de contratos ativos

Quanto maior a quantidade de contratos fechados, maior será seu faturamento como corretor. Além disso, o número de clientes também tende a aumentar por meio das indicações e da popularidade do seu trabalho.

Satisfação do cliente

Os índices que apontam rapidez no atendimento, capacidade de resolução de problemas, quantidade de rescisões e outros elementos que ajudem a mensurar o nível de satisfação do cliente são de extrema importância para seu sucesso como corretor. Afinal, clientes satisfeitos dão mais lucro e recomendam seus serviços.

Por fim, é importante lembrar que nenhum desses indicadores de performance devem ser analisados de forma isolada. Pode ser que você não possua um valor de ticket médio muito alto, por exemplo, mas não deixe de ser um bom corretor porque gerencia e capta diversos tipos de prospects.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a mensuração do seu desempenho como profissional, não pare por aí. Leia nosso artigo e aprenda a aumentar ainda mais o seu número de vendas!

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%