Corretores de Imóveis

6 ideias que todo corretor iniciante precisa dominar

Ouça essa matéria!


Começar a trabalhar em uma nova carreira nem sempre é fácil, principalmente quando ela envolve um cenário exigente e dinâmico como o do mercado imobiliário brasileiro.

Insegurança, ansiedade e excesso de dúvidas podem ser inimigos severos de quem deseja construir uma carreira de sucesso dentro da área que escolheu. Para enfrentar tantos desafios, é preciso ter alguma qualificação e conhecimento.

Pensando nisso, elaboramos uma seleção de 9 ideias que todo corretor iniciante precisa ter sempre em mente durante o seu trabalho. Confira!

1. O cliente é sempre prioridade

Pode parecer óbvio, mas não é incomum encontrar corretores — tanto iniciantes quanto experientes — que falam demais e acabam não ouvindo as reais necessidades e desejos do cliente.

Lembre-se de que você não trabalha apenas com fechamento de grandes vendas, mas também com sonhos de famílias e profissionais. Por isso, fale menos e escute mais o seu cliente. Todos os seus esforços devem ser direcionados apenas para a satisfação dele — e nada mais.

2. A ansiedade não pode ter vez

É normal se sentir inseguro e ansioso nas primeiras vendas, já que a familiarização com o seu trabalho exige algum tempo. O segredo é ter paciência e não deixar que o seu desespero exerça pressão sobre o cliente.

Para conquistar segurança e manter a ansiedade sob controle, conte com a ajuda de um parceiro de vendas. O auxílio do seu colega vai ajudar você a se acostumar com o seu novo trabalho.

Faça o planejamento da sua carreira considerando a realidade do mercado. Expectativas muito altas são solo fértil para ansiedade e frustração.

3. Sempre é bom aprender com quem sabe

Nenhum corretor iniciante deve ter vergonha de pedir ajuda. Por isso, é interessante identificar um corretor experiente para tirar as dúvidas. Acompanhe o seu trabalho, leia o que ele escreve. Enfim, tome-o como fonte de inspiração!

O estágio em uma imobiliária é uma excelente forma de conhecer pessoas com bagagem e de entender, na prática, os desafios que todo corretor iniciante precisa superar.

4. Nada melhor do que o bom e velho marketing pessoal

Atualmente, não dá mais para não investir em uma forte presença online. Afinal, a internet é um canal de comunicação poderoso para gerar mais oportunidades de negócios, por meio do networking e da construção de relacionamentos virtuais.

Sendo assim, possuir um site e estar conectado às redes sociais não é somente uma forma de se comunicar com clientes em potencial, mas também é um meio de promover seus imóveis e publicar conteúdos engajadores, que podem ser fundamentais para a conquista da confiança do seu público.

Todavia, lembre-se de fugir das polêmicas das redes sociais. Compartilhe informações sobre o mercado imobiliário, dê dicas aos seus amigos e seguidores, mas evite falar de assuntos que você não domina ou compartilhar conteúdos de fontes duvidosas.

Na dúvida, questione-se: “se eu estivesse na presença de um potencial cliente, eu falaria sobre esse tema?”.

5. Conhecimento nunca é demais

Conhecer bem os valores de mercado e as opções de financiamento a serem apresentadas não são suficientes para ser um bom corretor. Além disso, é importante manter-se sempre atualizado sobre as tendências de arquitetura, construção civil e mercado imobiliário.

Por isso, apesar de todo o seu conhecimento técnico, não é interessante se contentar apenas com um registro no CRECI. Invista em treinamentos para atuar com qualidade e ética e nunca pare de aprender!

6. As finanças sempre devem estar sob controle

Todo corretor iniciante está sujeito aos altos e baixos na vida financeira por não ter estabilidade ou salário fixo. Por isso, é preciso ter disciplina. Procure calcular seus gastos, fazer um bom planejamento financeiro e tomar muito cuidado ao assumir despesas fora do seu orçamento.

Um dos maiores vilões dos profissionais que ganham salários variáveis é o cartão de crédito. Portanto, não se entusiasme se o seu banco elevar o seu limite de crédito.

7. Assumir os seus erros é fundamental

Um corretor iniciante vai se deparar com desafios que estudou na teoria, durante o seu processo de certificação. Contudo, isso não significa que ele estará imune a erros comuns a todo profissional no início de carreira.

Nessa fase, o ideal é manter uma postura madura, assumindo as responsabilidades pelos seus atos. O cliente desistiu de fechar o negócio porque você se atrasou na visita? Você não tinha informações suficientes para convencer o seu futuro cliente? Saiba reconhecer que você teve uma postura inadequada, aprenda com suas falhas e siga em frente.

8. Saber se comunicar é muito importante

Quando analisamos as histórias de pessoas de sucesso, notamos um denominador comum: a comunicação eficiente. Não importa se é uma comunicação dirigida às massas, como no caso do Silvio Santos, ou uma fala direcionada aos profissionais da empresa, como no caso do empresário Bill Gates. O que importa é que pessoas bem-sucedidas sabem transmitir uma mensagem de forma eficiente.

A forma mais rápida de melhorar a sua comunicação com o seu cliente é entender o interesse que ambos compartilham: imóveis. Não decore os dados sobre o mercado imobiliário; compreenda como eles impactam a compra do seu cliente.

Outra sugestão para melhorar sua comunicação é: personalize o atendimento de acordo com o público. Por exemplo: se você vai vender uma casa para um pai de família que comprará seu primeiro imóvel, é necessário descomplicar a mensagem e tornar as informações didáticas, pois esse cliente pode estar com medo de fechar o negócio, dada a relevância e o valor da compra.

Por outro lado, um investidor em imóveis precisa confiar no corretor iniciante. Portanto, esse profissional deve demonstrar que entende o mercado e que o imóvel sugerido é uma excelente opção de investimento.

9. As informações devem ser organizadas de forma eficiente

Saiba quais são os seus compromissos, quanto tempo você levará para chegar até os locais onde eles vão acontecer, quais são os contatos dos seus clientes e parceiros etc. Toda empresa que se preze tem suas informações estratégicas organizadas e disponíveis para consulta.

Ao trabalhar de forma autônoma você precisa incorporar alguns hábitos empresariais a sua rotina para garantir eficiência e produtividade.

Como você pôde perceber, o corretor iniciante precisa dominar muitas ideias para se destacar perante a concorrência. Com o tempo, é possível descobrir mais lições e aprender com o seu trabalho. Até lá, siga as nossas dicas e dê o seu melhor para fazer sucesso e fidelizar clientes.

Você tem outra ideia para sugerir aos seus colegas corretores? Então, deixe um comentário e divida conosco a sua experiência!

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%