credipronto-logo-blog

Entenda como funciona o financiamento para franquia

financiamento-para-franquia

Você sabia que a maioria das franqueadoras pede uma taxa fixa para abertura da empresa com seu nome, além de custos com aluguel, reformas etc.?

Como nem todo empreendedor tem esse valor disponível, o financiamento acaba sendo uma alternativa válida para começar.

O financiamento para franquia é uma linha de crédito de longo prazo que pode ser feita por instituições financeiras que disponibilizam esse tipo de programa. Em geral, essa modalidade tem as taxas de juros mais atrativas que as outras opções de crédito.

Quer saber mais sobre o assunto e fazer a melhor escolha no momento de realizar o financiamento do seu negócio?

Neste artigo, explicamos tudo sobre como funciona o financiamento para aquisição de franquias .

Boa leitura!

O que é financiamento para franquias ?

O financiamento para franquias é uma modalidade de financiamento para empreendedores que precisam de capital para abrir o próprio negócio.

Nesse modelo, uma instituição financeira ou o próprio franqueador oferecem uma linha de crédito para que o futuro franqueado garanta a inauguração e o funcionamento da empresa nos primeiros meses.

Essa modalidade se caracteriza, sobretudo, por oferecer taxas de juros menores quando comparada às outras, como empréstimos com a própria empresa da franquia ou utilizando imóveis como garantia para o crédito, por exemplo.

Para entender melhor sobre como funciona o financiamento para franquias , vamos supor que uma empresa franqueadora tenha investido bastante para que a marca se consolidasse no mercado e um franqueado pudesse usar o seu nome para empreender, reduzindo assim despesas com marketing etc.

Contudo, o custo de abertura do empreendimento pode fugir do orçamento do empreendedor, e é daí que surge essa modalidade de financiamento .

Quem pode dar o primeiro passo para realizar o financiamento de franquias ?

Os critérios de aprovação de um financiamento para franquias são semelhantes aos de qualquer outro financiamento do mercado, que consiste em:

  • Ter capacidade civil e de pagamento : ser maior de idade e capaz de responder pelas suas responsabilidades.
  • Dispor de uma renda familiar bruta que permita pagar até 30% da parcela do financiamento : por exemplo, se a sua receita mensal for de R$ 5.000, o máximo que a parcela pode chegar é R$ 1.500, mas isso varia de cada instituição.
  • Ter o nome limpo: isso não é exatamente essencial, pois existem lugares que liberam crédito para negativados, mas são poucos e a maioria oferece valores menores ou condições piores.

Esses são alguns dos critérios básicos, mas cada instituição financeira tem os seus. Por isso, é válido procurar se informar se existe mais alguma regra.

Quem devo buscar para iniciar o processo do financiamento para franquia ?

Basicamente, existem três formas de iniciar o processo de financiamento . Confira!

  1. Consultoria especializada

Uma consultoria especializada é formada por uma equipe que analisa o perfil do cliente e orienta a melhor opção de financiamento para o seu cenário, oferecendo uma melhor experiência de compra, com mais rapidez, segurança e menos burocracia.

Além disso, ela considera todos os aspectos, como taxa de juros , valor de entrada e prazo do financiamento, antes de recomendar a melhor alternativa.

É uma excelente opção para quem está perdido e não quer lidar com toda a parte burocrática que envolve um financiamento.

   2. Marca franqueada

Algumas franquias oferecem o recurso de financiar o empreendimento para que o franqueado possa abrir logo a empresa. No geral, oferecem até taxas mais atrativas e menos exigências que os grandes bancos.

   3. Instituições financeiras

A terceira forma é buscando instituições financeiras públicas ou privadas que oferecem a opção de financiamento para franquias .

Nesse caso, existem várias (Itaú, Caixa Econômica Federal etc.), e o interessante é conhecer cada uma a fim de escolher a melhor opção.

Importante : os bancos não chegam a fornecer 100% do valor necessário. Geralmente, é possível financiar somente uma parte do valor.

O que é o COF (Certificado de Oferta de Franquia) e qual é sua importância?

A Lei de Franquias regulamenta o mercado de franquias do Brasil e determina regras a serem seguidas pelo franqueador e franqueado, entre elas a Circular de Oferta da Franquia .

Esse documento detalha todas as condições do negócio em expansão, como:

  • aspectos legais 
  • dados econômicos
  • responsabilidades de cada parte
  • obrigações
  • investimento e taxa
  • informações sobre a operação
  • entre outros

O COF é essencial para garantir que o franqueador não omitiu nenhuma informação acerca do negócio, bem como para designar as tarefas de cada um de modo a evitar conflitos futuros.

Além disso, a instituição financiadora ou consultoria especializada pode demandar os dados na hora de atender a sua solicitação. Por isso, lembre-se sempre de guardar a sua cópia.

Como conseguir um financiamento para franquia ?

Agora que você já sabe como funciona, veja como obter financiamento para abrir uma franquia .

Confira!

Diretamente com a marca franqueada

Como falamos, alguns empreendimentos dão crédito aos franqueados para poder abrir o negócio – afinal, uma franquia é um bom negócio para ambas as partes.

Portanto, é interessante buscar a empresa à qual você deseja se franquear e saber se existe essa possibilidade antes de decidir pegar um financiamento .

Como dito anteriormente, essas corporações oferecem taxas de juros baixas, pois, caso você não pague, o estabelecimento será a própria garantia.

Acordos com família e amigos para capital inicial

Caso algum membro da família ou amigo acredite na sua ideia e deseje investir no seu negócio, você pode juntar o capital inicial de ambos para conseguir abrir o seu estabelecimento.

Com o valor de entrada maior, fica mais fácil conseguir um financiamento com juros mais baixos e melhores condições.

Contudo, atenção : busque formalizar esse acordo com o auxílio de um advogado para evitar possíveis confusões.

Ademais, saiba que os critérios servem tanto para você quanto para seu amigo – os dois precisam estar com o nome limpo, por exemplo.

Linhas de crédito

Essa é a maneira mais comum de conseguir financiamento. Basicamente, funciona da seguinte forma:

  1. Solicitação : você entra em contato com uma instituição financeira que ofereça esse tipo de financiamento para franquia .
  2. Análise : a empresa analisará se você não possui nenhuma pendência no nome ou se realmente tem a capacidade de pagamento.
  3. Documentação : você entregará as informações e os papéis demandados pela instituição.
  4. Aprovação : a linha de crédito é aprovada e você pode começar a investir no seu negócio.

Um exemplo de instituição financeira que trabalha com linhas de crédito é a CrediPronto – uma empresa criada pelo banco Itaú que se tornou especialista em financiamento imobiliário.

Ao longo deste artigo, nós ainda vamos explicar mais sobre como você pode conseguir um financiamento com a CrediPronto .

Leia também : Entenda como declarar o seu financiamento no Im posto de Renda

Por que financiar uma franquia é melhor que solicitar um empréstimo?

A resposta é uma só: taxa de juros.

O Banco Central do Brasil revelou os seguintes dados acerca das taxas de juros no país:

  • Cartão de crédito parcelado: 8,43% ao mês
  • Cheque especial: 7,01% ao mês
  • Crédito consignado setor privado: 2,17% ao mês

Essas são taxas altíssimas para quem deseja empreender, afinal, se você pegar R$ 50.000 no cartão de crédito parcelado, por exemplo, você pagará R$ 82.057,63 ao fim de um ano.

No caso de financiamentos para franquia , a taxa fica entre 2% e 3% ao mês – ou, em alguns casos, até menor que isso. Na CrediPronto, por exemplo, a taxa é de 0,94% ao mês.

É ou não é uma excelente oportunidade de negócio?

Leia também : 4 investimentos mais seguros que a Bolsa em momentos de cri se

6 pontos de atenção na hora de fazer o seu financiamento para franquia

Resolveu escolher o financiamento para franquia ? Então, é interessante se atentar a alguns pontos:

  1. Conheça bem o negócio

Antes de entrar de cabeça no negócio, busque entender toda a perspectiva da franquia na qual você quer empreender:

  • Qual é a demanda de mercado?
  • Qual é o potencial de lucro?
  • Quais são os riscos?

Esses e outros elementos provavelmente estarão descritos no COF e são essenciais para garantir um bom planejamento e saber a situação do negócio; por isso, analise esse material minuciosamente.

Ademais, é importante conhecer bem os custos, além da despesa com a franquia.

Vamos imaginar que você escolheu uma empresa que cobre R$ 60.000 para ser franqueada. Mas e o custo com reforma? O capital de giro? Todas essas despesas devem estar inclusas no seu orçamento.

Vale a pena procurar se informar também sobre o segmento do mercado. Por exemplo, se você vai entrar no ramo de calçados: como anda o crescimento desse ramo nos últimos anos? Quais serão seus maiores concorrentes?

       2. Faça uma reunião com a marca franqueada

Nessa tarefa de conhecer melhor o negócio, você precisará fazer uma reunião com a marca franqueada – esse encontro serve não apenas para você saber mais sobre a empresa, mas também para a empresa conhecer mais sobre você.

Além disso, essa atitude ajudará você a desenvolver um relacionamento com a empresa e você pode até mesmo conseguir negociar melhores condições .

         3. Cuidado com as taxas de juros

Como falamos anteriormente, existem opções de crédito no mercado com taxas de juros altíssimas.

Portanto, faça uma boa pesquisa para encontrar uma alternativa que realmente faça sentido para seu orçamento.

Alguns pontos que você deve analisar:

  • Instituição : conheça a credibilidade da instituição financeira antes de fazer a negociação.
  • Juros : conheça as taxas de juros de cada opção de crédito e compare com outras instituições.
  • Prazo : quanto maior é o prazo, menores são as parcelas mensais e vice-versa.

Lembre-se de que você pode sempre negociar com a pessoa responsável pelo financiamento para garantir condições melhores.

Por isso, é interessante realizar uma boa pesquisa de mercado até mesmo para usar isso durante a negociação.

Leia também : Saldo devedor: o que é e como ele afeta nos juros ?

  1. Visite e converse com outros franqueados da marca

Nada melhor do que conversar com pessoas que já passaram pela mesma experiência para entender mais sobre a marca e o mercado.

Sendo assim, busque outros empreendedores (o LinkedIn é uma excelente ferramenta para isso) e pergunte questões relacionadas ao negócio. Inclusive, você também pode encontrar algumas informações no próprio site da empresa.

Também é válido visitar outras unidades como cliente e entender melhor o atendimento e o funcionamento do local.

    2. Atente-se às cláusulas do contrato

Você precisará assinar dois contratos: um com a marca e outro com a instituição financeira .

Em ambos os casos, é primordial ler linha por linha do contrato – até as letrinhas miúdas – para não ter despesas desnecessárias no futuro.

No caso da franquia, você terá 10 dias, no mínimo, para analisar o documento após a entrega do COF – isso é ditado por lei.

De preferência, encontre um profissional especializado no assunto ao seu lado para explicar o contrato para você.

    3. Faça um bom planejamento financeiro

Independentemente da taxa de juros, o financiamento para franquia continua sendo uma despesa recorrente – você terá que arcar os custos mensalmente, além dos próprios gastos com a empresa.

Então, é essencial se planejar bem financeiramente antes de começar o negócio fazendo uma boa projeção futura de caixa.

Provavelmente, o COF indicará um lucro estimado para o empreendimento e você pode se basear nisso, mas, de qualquer forma, é interessante contar com a ajuda de um gestor financeiro caso você esteja inseguro com essa tarefa.

Financiamento para franquia : vale a pena ou não?

Sem dúvidas, ter o capital disponível em mãos seria algo incrível e o ajudaria a começar o negócio sem pendências. Contudo, nem sempre isso é possível.

Por vezes, conseguir o valor para começar o próprio negócio foge bastante do orçamento de algumas pessoas, e juntar o necessário levaria bastante tempo.

Nesse sentido, vale a pena optar pelo modelo de financiamento para franquia ao invés de escolher outros modelos de crédito com juros mais altos.

Além disso, o que vai dizer se valerá a pena ou não é a projeção do negócio.

Você precisa efetuar um planejamento financeiro detalhado para saber quanto o negócio poderá dar de retorno no futuro.

Com base nisso, você consegue saber, aproximadamente, o tempo que levará para quitar a dívida. Como é possível antecipar parcelas, você pode até mesmo quitá-las antes do previsto.

Como a consultoria da CrediPronto pode auxiliar você a escolher o financiamento ideal

A CrediPronto é uma empresa criada pelo banco Itaú e, atualmente, se tornou especialista em financiamento imobiliário . Já são 13 anos com mais de 1.000 parceiros espalhados entre os 26 estados do Brasil e o Distrito Federal.

Nós desburocratizamos o financiamento e ajudamos pessoas a comprar o imóvel próprio sob as melhores condições do mercado.

Entre nossas vantagens oferecemos:

  • atendimento personalizado : podemos acompanhar presencialmente ou 100% online .
  • rapidez e segurança na emissão do contrato : menos burocracia e mais agilidade para você.
  • taxas competitivas : taxa de juros a partir de 7,125% ao ano.
  • consultoria gratuita : ajudamos você a encontrar a melhor alternativa de financiamento.

Nossa missão é facilitar o acesso das pessoas às soluções financeiras e imobiliárias, realizando os seus objetivos, seja de empreender, investir ou ter uma casa própria, de maneira mais segura, econômica e rápida.

Para descomplicar ainda mais, você pode realizar uma simulação de financiamento em nosso site . Clique no botão abaixo para acessar:

QUERO FAZER UMA SIMULAÇÃO

Já ajudamos milhares de pessoas e podemos ajudar você também.

Quer mais informações? Entre em contato conosco e converse com um dos nossos consultores agora mesmo.

Gostou deste artigo? Então, confira também outros títulos em nosso blog :

A CrediPronto é uma empresa intermediadora de financiamento imobiliário que foi criada pelo Itaú. Ao financiar com a CrediPronto você tem consultoria gratuita com profissionais especialistas, que vão acompanhar seu processo de perto do começo ao fim e te ajudar no que for necessário, além de outras vantagens.

Na CrediPronto, a taxa de juros padrão é a partir de 10,49% ao ano + TR. ________

O financiamento imobiliário CrediPronto é exclusivamente com o banco Itaú.

Você pode quitar o seu imóvel em até 35 anos (420 meses). Podendo também quitar antes.

Você pode financiar até 90% do valor do imóvel.

Tem o sonho da casa própria?

Financie até 90% do imóvel com taxa a partir de 10,49% ao ano+TR, podendo pagar em até 420 meses (35 anos).