Conteúdo em áudio Financiamento Imobiliário

Planeje o financiamento do primeiro imóvel

Você também pode ouvir essa matéria.

Não existe idade para concretizar o sonho da casa própria. Mesmo sem condições especiais vindas do governo ou das instituições financeiras, os jovens de 20 a 30 anos têm provado que é possível, sim, realizar o financiamento do primeiro imóvel.

E então o planejamento financeiro se torna uma etapa indispensável , antes mesmo da compra do bem para aqueles que conseguem contratar um crédito imobiliário, pois são diversas as situações a serem consideradas para que a compra do imóvel não prejudique o orçamento mensal.

Continue acompanhando este post para entender melhor como fazer o seu planejamento:

Pense antes de contratar o financiamento imobiliário

Segundo especialistas do mercado imobiliário, os interessados em aderir a um financiamento imobiliário devem analisar condições como a perspectiva salarial, as condições do programa de financiamento e o prazo das prestações, a posição social em que se encontram e o atual cenário econômico.

Consultores financeiros sugerem que os compradores tenham uma reserva financeira, algo em torno de ⅓ do valor total do imóvel, para dar de entrada. Isso faz com que o valor das parcelas e, consequentemente, as quantidade de juros a pagar sejam menores.

Para que a aquisição do imóvel não aperte demais os compradores, é recomendado que o valor total das prestações não ultrapasse 25% da renda mensal. Se possível, também é aconselhável que o comprador separe 10% do salário para possíveis emergências. Dessa forma, o financiamento do imóvel não se torna um fardo no orçamento.

Avalie todas as características do imóvel

Para a maioria das pessoas, a casa própria é considerada o maior bem de valor financeiro e emocional. Portanto, quando for investir na compra do seu imóvel, é interessante que você considere algumas características.

A 1ª delas é a localização. Você pode ter se apaixonado pelo imóvel, mas o bairro deve oferecer uma infraestrutura básica para as suas necessidades, como supermercado e transporte público, por exemplo.

A 2ª é sobre a sua projeção de vida. Como você se imagina daqui a 8 anos? Pretende trabalhar na mesma carreira? Planeja ter filhos? Procure pensar nessas variáveis na hora de escolher o imóvel, pois ele provavelmente fará parte da sua rotina por muitos anos.

A 3ª, mas não menos importante, é a comprovação da legalização do imóvel. Você, como comprador, tem o direito de solicitar a verificação para confirmar se os registros do bem e as obrigações com o condomínio e com o poder público estão em dia.

Use o saldo do seu Fundo de Garantia

Uma boa oportunidade para quem trabalha com carteira assinada há pelo menos 3 anos — não necessariamente sob o mesmo empregador — é o uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no financiamento do primeiro imóvel.

É possível utilizar todo o saldo disponível no fundo para dar como entrada. Dessa maneira, somando o FGTS às suas economias, o preço das parcelas pode diminuir bastante. Outro benefício dessa entrada mais robusta é a diminuição do prazo do financiamento, que pode ficar em torno dos 15 anos.

O financiamento do primeiro imóvel é um grande passo na vida de qualquer pessoa, especialmente por representar um investimento para o futuro. A busca pelo lugar que mais lhe agrada e que cabe no seu bolso deve ser consciente e com bastante planejamento. Afinal, você estará investindo no seu futuro lar.

E você, como se planeja para o financiamento do seu imóvel? Tem mais dicas para dividir com a gente? Compartilhe nos comentários!

 

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%