5 de abril de 2018 via Fernando Moreira

Entenda de uma vez por todas o que é financiamento imobiliário

Compartilhe:

Esse assunto pode até parecer complicado em um primeiro momento, mas, quando bem explicado, fica muito fácil de entender o que é financiamento imobiliário. Na verdade, ele nada mais é do que uma linha de crédito oferecida por instituições financeiras — muitas vezes em parceria com consultorias imobiliárias — para utilização na compra de imóvel residencial ou comercial.

Mesmo em época de crise, há crédito disponível na praça para quem tem a ficha limpa e está planejando comprar a casa própria. A simplificação no processo de financiamento imobiliário também ajuda a tornar esse investimento viável. Basta contar com uma empresa especializada para auxiliar você em todas as etapas da compra.

Para entender melhor como isso funciona, esclarecemos abaixo os principais fatores que você precisa saber antes de financiar seu imóvel. Acompanhe a leitura e planeje-se!

Como funciona um financiamento imobiliário?

Primeiramente, você precisa encontrar o imóvel que deseja comprar. A propriedade pode ser nova ou usada, incorporada ou não a uma construtora, pronta para morar ou a ser reformada ou até mesmo aquela casa que o vizinho colocou à venda e que atende às suas necessidades e expectativas.

Encontrado o local ideal, é hora de fazer uma simulação de financiamento. No site da CrediPronto, você consegue simular o valor a ser financiado a partir das características do imóvel em questão.

Geralmente, as simulações mostram o valor máximo que poderá ser financiado, os valores iniciais das parcelas, os demais valores parcelados as taxas de juros a quantidade máxima de parcelas disponíveis, entre outras informações pertinentes. A partir daí, você poderá refletir sobre essas questões e dar entrada no processo.

Quais são os tipos de financiamento?

No Brasil, existem duas únicas formas de financiar um imóvel: por meio do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) ou pelo Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). A diferença básica entre os dois sistemas está no cálculo do financiamento.

Geralmente, o SFH tem uma menor taxa de juros anuais, pois existe uma lei proibindo que os bancos cobrem mais do que 12% de juros ao ano. Além disso, nesse sistema você pode contar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para fazer o financiamento.

Se você se encaixa nesse perfil, pode ser que o sistema SFH seja mais vantajoso. Para auxiliar você na decisão, considere as principais características dos dois tipos de financiamento, listadas abaixo:

Sistema Financeiro de Habitação (SFH):

  • apenas para imóveis residenciais, que sejam o primeiro imóvel do comprador e que estejam localizados na cidade onde ele mora ou trabalha;
  • o valor máximo do imóvel deve ser de R$ 750 mil para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal ou R$ 650 mil para os outros estados;
  • o prazo do financiamento poderá ser de até 420 meses (35 anos);
  • a taxa de juros é de até 12% ao ano;
  • o limite do financiamento poderá ser de até 90% na tabela SAC (na qual as parcelas diminuem gradativamente) ou de até 80% na tabela Price (na qual as parcelas se mantêm constantes);
  • o FGTS poderá ser utilizado conforme regras pré-estabelecidas.

Sistema Financeiro Imobiliário (SFI):

  • para imóveis residenciais ou comerciais. O imóvel poderá estar em qualquer localização e não necessariamente precisa ser o primeiro financiamento do comprador;
  • não existe limite de valor;
  • o prazo do financiamento poderá ser de até 420 meses (35 anos) para imóveis residenciais ou de até 120 meses (10 anos) para os comerciais;
  • a taxa de juros varia conforme o banco, mas costuma ultrapassar os 12% ao ano;
  • o limite do financiamento poderá ser de até 100% nas tabelas SAC ou Price;
  • não é permitido utilizar os recursos do FGTS no financiamento.

Com o que você devo me preocupar?

Um erro muito comum no financiamento de imóveis é que o comprador fica muito focado no preço total da propriedade e acaba se esquecendo de outras questões importantes a se considerar.

Os prazos estabelecidos, o valor da entrada, as taxas de juros, as condições do financiamento, a empresa imobiliária que intermediará o negócio… Tudo isso faz diferença para financiar seu imóvel com qualidade e segurança.

Quanto aos prazos, por exemplo, é imprescindível estar atento às datas estabelecidas por cada sistema de financiamento. Só assim você saberá exatamente quanto tempo tem para quitar o imóvel e poderá se organizar financeiramente para não se complicar no futuro.

Sobre as taxas de juros, por mais que você já esteja acostumado com determinado banco, o ideal é pesquisar em várias instituições para saber qual delas oferece uma taxa que não seja abusiva para o seu bolso.

Quanto às condições de financiamento, você precisa considerar o somatório de todas as questões pertinentes ao processo — prazos, juros, instituição etc. — para ter certeza de que elas estão compatíveis com a sua realidade e só então fechar o negócio.

Que tipo de empresa posso procurar?

Sem dúvidas, essa é uma das questões mais importantes para você compreender como funciona um financiamento imobiliário. Isso porque é função da empresa de consultoria imobiliária esclarecer minuciosamente todo o processo para o comprador.

Afinal, já pensou no pesadelo que seria financiar um imóvel em uma consultoria despreparada e passar os próximos 35 anos do prazo tendo dor de cabeça com a operadora?!

Por isso, é imprescindível contar com uma consultoria que tenha boa reputação no mercado e que ofereça condições de financiamento compatíveis às suas expectativas de compra.

Inclusive, a qualidade no atendimento deve ser um grande diferencial da empresa, de modo a explicar para o cliente como funcionará cada etapa do processo. Só assim, ele se sentirá realmente seguro e confortável para fechar o negócio.

E quando o assunto é financiamento imobiliário de confiança e qualidade, a CrediPronto é um ótimo exemplo. A consultoria foi criada por meio da associação entre duas empresas que são referências no mercado imobiliário e financeiro do Brasil: a Lopes e o Itaú.

Nessa parceria, a CrediPronto oferece financiamentos de até 75% do valor do imóvel, com prazos de até 360 meses, além dos grandes diferenciais relacionados à qualidade no atendimento, cumprimento dos prazos e desburocratização do processo.

A análise de crédito, por exemplo, é feita em apenas 24 horas. Ou seja, o cliente tem total assistência desde o primeiro contato com a empresa até o momento da entrega das chaves do imóvel. Assim, ficou fácil entender o que é financiamento imobiliário e como fazer a melhor escolha, não é mesmo?

Se você se interessou pelo assunto, aproveite e entre em contato com a gente para financiar o seu imóvel dos sonhos com total segurança e agilidade!

Compartilhe:

Inscreva-se na nossa Newsletter agora mesmo!

E-BOOK
Guia definitivo como atingir o sonho da casa propria
E-BOOK
Guia do Corretor: Segredos para aumentar a venda de imóveis
E-BOOK
Manual sobre o usuo do FGTS na compra do primeiro imóvel
E-BOOK
Guia das melhores práticas de relacionamento com clientes
FAÇA UMA SIMULAÇÃO DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO GRATUITAMENTE
Simular agora!

Comentários

Deixe uma resposta

+20000 Contratos Emitidos

+7 Bilhões em Financiamento

+400 Parceiros

+50 Cidades em Atuação