Quais são os documentos para financiar imóvel? Saiba do que você precisa!

Quais-são-os-documentos-para-financiar-imóvel

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir

A entrega dos documentos para financiar imóvel é uma das partes mais importantes para conquistar o sonho de ter uma casa ou um apartamento próprio .

Para o banco aprovar a sua solicitação, ele precisa analisar a documentação para verificar se você, o vendedor e o imóvel estão dentro dos conformes e não têm nenhuma inconsistência que represente um risco para a instituição.

Neste artigo, você vai conferir uma lista com todos os documentos necessários para financiar um imóvel . Continue a leitura!

A importância da documentação na hora de solicitar um financiamento

O processo de financiamento imobiliário passa por diversas etapas, e a instituição financeira solicita documentos específicos em cada uma delas.

Primeiro, tem a etapa de avaliação do pedido de crédito. Se você entregar documentação inválida ou insuficiente nessa fase, o banco pode não liberar o crédito ou nem analisar sua proposta .

Depois, vem o processo de análise do imóvel. Em geral, é essa última etapa que costuma ter mais adversidades, principalmente se for um imóvel usado , já que o antigo dono pode não estar com todos documentos regularizados, precisando buscar a prefeitura e outros órgãos para resolver o problema.

Por fim, tem a certificação do vendedor, que pode ser pessoa física ou jurídica.

Caso você pretenda financiar com outra pessoa, lembre-se de que precisará da documentação dela também.

Quais são os documentos pessoais necessários para financiar um imóvel ?

Embora a solicitação de documentos varie de cada instituição, existem alguns em comum entre todas. Abaixo, confira quais são eles:

Documento de identidade e CPF

Entre as possibilidades de documento de identidade e CPF estão:

  • Carteira de identidade
  • Carteira Nacional de Habilitação
  • Carteira de trabalho

Provavelmente, seu CPF já está em um desses documentos de identificação, mas, caso não esteja, emita o comprovante no site da Receita Federal .

Comprovante de estado civil

  • Solteiros : certidão de nascimento
  • Casados : certidão de casamento
  • União estável : declaração de união estável

Comprovante de endereço

Esse é um dos itens da lista de documentos para financiar imóvel mais simples. Pode ser qualquer um: conta de luz, telefone, água, cartão, entre outros. O único requisito é ser recente e ter menos de 3 meses de validade.

Certidão conjunta de débitos referentes aos tributos federais

Esse é o papel que comprova se você está em condição regular junto à Secretaria da Receita Federal e à Dívida Ativa da União . Ele também pode ser retirado no site da Receita Federal.

Declaração de Imposto de Renda

Se você declara Imposto de Renda, é preciso entregar sua última declaração completa. Basta acessar o e-CAC e baixar a cópia da sua declaração. Caso seja isento, não precisa entregar.

Extrato do FGTS

Vai utilizar seu FGTS para amortizar parte da dívida do seu financiamento ? Para isso, é preciso entrar em contato com seu agente financeiro para solicitar a liberação e encaminhar para a Caixa Econômica Federal.

Por sua vez, para pedir o FGTS, você precisará apresentar outros documentos para financiar imóvel , como:

  • Carteira de trabalho
  • Comprovante de residência
  • Certidão de nascimento ou de casamento
  • IPTU do imóvel que você quer comprar
  • Carteira de identidade e CPF
  • Certidão de matrícula

Após conseguir o fundo, apresente o extrato original para a instituição financeira.

Comprovante de renda

Esse é um dos documentos para financiar imóvel que mais determinam sua aprovação ou não no financiamento. É ele que o banco vai analisar para saber se você é capaz ou não de arcar com os custos das prestações.

Entre os requisitos para a liberação do crédito, as parcelas não podem ultrapassar 30% da sua renda mensal . Por exemplo, se a receita mensal total da família é de R$ 2.000, o valor máximo da parcela pode ser de até R$ 600.

O bom é que você pode somar os rendimentos de todos os moradores da casa, como o do seu cônjuge, e conseguir um saldo maior.

Em relação aos documentos, depende do seu tipo de trabalho. Se você é:

  • assalariado : pode apresentar holerite dos últimos três meses, carteira de trabalho e contrato de trabalho;
  • empresários ou autônomos : recibos de pagamento, extrato bancário, Decore e declaração do Imposto de Renda.

Documentação do imóvel para fazer o financiamento imobiliário

Em seguida, é preciso organizar a documentação da propriedade. Se você solicitou o FGTS, já deve ter alguns, mas, caso não, será preciso:

  • Certidão negativa do IPTU
  • Cópia da matrícula do imóvel com validade de 30 dias
  • Registro da propriedade
  • Planta baixa
  • Declaração negativa de débito de condomínio (se for prédio)
  • Certidão dominial vintenária

Como falamos, a documentação depende bastante de cada instituição financeira, bem como do tipo de propriedade. Os documentos necessários para financiar imóvel usado diferem do imóvel na planta, por exemplo.

Documentos do vendedor para financiar o imóvel

O vendedor ou a imobiliária também precisa apresentar documentação. Eles variam entre pessoa física e jurídica:

Pessoa física

  • RG e CPF
  • Certidão de estado civil
  • Declaração de profissão

Pessoa jurídica

  • RG e CPF do representante ou dos sócios da empresa
  • Certidão Negativa de Débito (CND)
  • Contrato social ou estatuto social
  • Certidão Negativa de Débitos de Tributos e Contribuições Federais (CCN)
  • Certificado de Regularidade do Recolhimento do FGTS
  • Carta de firma reconhecida em cartório
  • Ata de Eleição da Diretoria

Quanto custa para obter os documentos exigidos?

Ainda que toda documentação para financiar um imóvel esteja regular, será preciso ter um custo com a papelada de transferência da propriedade.

Alguns dos documentos envolvidos são:

  • comprovante do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) : custa, em média, até 5% do valor da venda, a depender da prefeitura;
  • registro de compra no cartório : custa, em média, 1% do valor de venda do imóvel, a depender do estado;
  • escritura pública : custa, em média, de 2% a 5% do valor da propriedade, a depender do estado.

Se é o seu primeiro imóvel, não precisa se preocupar, você tem desconto de 50% em todas as taxas.

 

 

O que vem depois da entrega dos documentos para financiar um imóvel ?

Finalizada a entrega de todos os documentos, a instituição financeira realizará a análise jurídica e fará a vistoria para avaliar a propriedade.

Após essa fase, o banco emite o contrato para garantir a segurança da transação, você assina e, dentro de alguns dias, o crédito é liberado. Por fim, basta preparar sua mudança e aproveitar o seu imóvel novo.

Embora sejam muitos documentos para financiar um imóvel , eles são necessários para garantir a segurança da transação. Agora, procure sua instituição financeira, peça a lista da documentação e comece a organizar a papelada.

Faça o seu financiamento imobiliário com a CrediPronto

A CrediPronto é uma instituição financeira especializada em financiamentos imobiliários presente em todo o Brasil.

Fomos criada pelo Banco Itaú com o intuito de oferecer aos brasileiros linhas de crédito imobiliário com as melhores condições do mercado – aproximando essas pessoas do sonho da casa própria.

Assim, segurança e eficiência são as principais características dos nossos produtos financeiros: o financiamento imobiliário e o crédito com garantia de imóvel.

Faça a simulação do seu crédito com garantia de imóvel agora mesmo .

Gostou deste artigo sobre os documentos para financiar imóvel ? Então, confira outros títulos que separamos para você:

A CrediPronto é uma empresa intermediadora de financiamento imobiliário que foi criada pelo Itaú. Ao financiar com a CrediPronto você tem consultoria gratuita com profissionais especialistas, que vão acompanhar seu processo de perto do começo ao fim e te ajudar no que for necessário, além de outras vantagens.

Na CrediPronto, a taxa de juros padrão é a partir de 10,49% ao ano + TR. ________

O financiamento imobiliário CrediPronto é exclusivamente com o banco Itaú.

Você pode quitar o seu imóvel em até 35 anos (420 meses). Podendo também quitar antes.

Você pode financiar até 90% do valor do imóvel.

Tem o sonho da casa própria?

Financie até 90% do imóvel com taxa a partir de 10,49% ao ano+TR, podendo pagar em até 420 meses (35 anos).