Educação Financeira

Crédito consciente: saiba como usar!

O crédito facilitado pode ser uma porta de entrada para realizar seus planos, como comprar um imóvel, fazer uma viagem ou abrir um negócio próprio. Mas, sem o devido planejamento, você pode ter dificuldades para pagar as parcelas e, assim, acabar sem saída.

Por isso, o crédito consciente é essencial para que você possa alcançar seus objetivos com tranquilidade e segurança.

Pensando nisso, preparamos este post com dicas práticas que o ajudarão no uso do inteligente das opções de crédito. Confira!

Avalie a necessidade de usar o crédito

Antes de tudo, é necessário lembrar que o crédito é uma ferramenta e, como tal, deve ser utilizada em situações e fins específicos. Ser um consumidor consciente é ser capaz de discernir quando esse recurso deve e pode ser empregado.

Saiba diferenciar o que é desejo e o que é necessidade. Alguns acabam racionalizando seus desejos para justificar a aquisição daquilo que anseiam — e isso é um perigo!

Por exemplo, pode ser que você deseje um segundo imóvel. Qual será é o seu objetivo? Trata-se de um investimento que vai aumentar sua renda posteriormente, ou é apenas para lazer? Já tem um valor suficiente para dar início ao financiamento?

Talvez possa esperar mais um pouco para juntar um montante maior como entrada no novo imóvel. Estas são apenas algumas questões que você precisará avaliar.

Organize suas finanças

Se sua decisão foi levar avante a possibilidade do crédito, é hora de analisar seu orçamento. Anotações são essenciais para equilibrar o que você recebe e o que gasta por mês. Para isso, você pode usar uma planilha eletrônica.

Leve em conta o princípio básico da educação financeira: não gaste mais do que ganha, e seus registros vão deixar isso claro. Então verifique:

  • Quais são suas despesas mensais básicas, como energia elétrica, alimentação, água, aluguel e outras contas fixas?
  • Já possui outros financiamentos ou parcelas no cartão de crédito?
  • Em quanto tempo conseguirá quitá-las?
  • Quanto sobra por mês para lidar com emergências?

Com isso, você saberá se é possível ou qual valor encaixar no seu orçamento para usar o crédito consciente.

Analise os preços e as opções de crédito

Em que deseja aplicar o seu crédito? Em uma casa nova, numa viagem, na reforma do seu imóvel? Independentemente disso, faça um orçamento do quanto será necessário e compare as propostas para decidir qual alternativa cabe no seu bolso. Faça bom uso das pesquisas online, em que o leque de opções é mais amplo.

Após isso, decida qual será a melhor modalidade de crédito: usar o cartão, pegar um empréstimo, financiamento bancário, cheque especial? A lista é enorme, e cada um tem suas vantagens e desvantagens. Mas uma coisa é comum a todas: elas têm um preço.

Por isso, avalie qual será o valor final do crédito, levando em conta taxas de juros, condições de pagamento, possíveis multas etc. Analise as cláusulas do contrato e tire todas as suas dúvidas.

Além disso, investigue a reputação da instituição financeira, o modo como se relaciona com os clientes e o nível de satisfação dos usuários.

Pague em dia e integralmente

Neste momento, você já usou da instituição financeira o valor desejado, mas as práticas de crédito consciente continuam. Você já sabe que, se passar da data de vencimento, vai pagar multas e juros. Por isso, cumpra com sua obrigação até o dia combinado para o pagamento.

No caso de cartões de crédito, por exemplo, o pagamento integral da parcela vai eximi-lo de cair no crédito rotativo, acumulando mais juros.

Não conseguiu pagar na data? Então, entre rapidamente em contato com a Central de Atendimento para fazer algum tipo de acordo e evitar maiores prejuízos.

Unifique as despesas da família em prol de um crédito consciente

O crédito é um projeto familiar. Afinal, com o bem adquirido, muito provavelmente todos da casa serão beneficiados.

Por isso, vale a pena unificar as despesas em um só cartão. Além de facilitar o controle das finanças, muitos bancos dão vantagens em programas de milhagens e descontos especiais. Quanto maior o valor, melhores serão os benefícios.

Conhece outras maneiras de usar o crédito consciente? Então, compartilhe conosco nos comentários e amplie essa discussão!

 

Faça uma simulação e financie até 82%

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.