credipronto-logo-blog

Etapas de contratação do crédito imobiliário: saiba em detalhes como é o processo

etapas-de-contratacao-do-credito-imobiliario

Sem tempo para ler? Ouça esse conteúdo!

 Grandes ações que desempenhamos em nossas vidas podem ser divididas em listas de afazeres. Aquela receita deliciosa, ainda que complexa, começa com a escolha dos ingredientes, com a ida ao supermercado etc. Assim também é a compra de um imóvel. Um dos passos mais importantes dessa aquisição é o cumprimento das etapas de contratação do crédito imobiliário.

Isso porque é muito difícil que alguém compre um imóvel à vista, já que se trata de um investimento que custa milhares de reais. No entanto, conseguir um financiamento nem sempre é uma tarefa simples. Se você acha que basta ir ao banco sacar o dinheiro, saiba que está enganado.

Para ajudar a entender as etapas de contratação do crédito imobiliário, decidimos listá-las neste artigo, explicando o que você deve fazer para se sair bem em cada uma delas. Vamos lá?

Etapas de contratação do crédito imobiliário: análise de crédito

O financiamento é uma espécie de empréstimo . Por isso, é natural que a instituição financeira tenha alguns critérios que considera obrigatórios para poder aprovar o financiamento imobiliário.

Um dos fatores analisados é a idade. Quanto mais jovem for o comprador, mais tempo ele terá para pagar o financiamento, podendo chegar a 30 anos. Outros fatores, como o nível de escolaridade e a profissão do interessado também são considerados.

Isso pode parecer injusto à primeira vista, mas essas informações ajudam a instituição financeira a entender se existe risco de esse indivíduo ficar desempregado, por exemplo. Ao contrário do que muita gente imagina, a inadimplência na compra de um imóvel não é algo que o banco deseje, pois, nesse caso, essa empresa terá que leiloar o bem, e isso leva tempo, podendo gerar prejuízo.

Às vezes, a análise de crédito falha por causa da insuficiência de dados ou, até mesmo, da falta de documentos dos compradores. Então, se você precisa de alguma segunda via de um documento pessoal, não deixe de providenciar esse documento o quanto antes.

Escolha do imóvel

Uma das etapas de contratação do crédito imobiliário mais importantes é a escolha do imóvel. Lembre-se de optar por aqueles que atendam às suas necessidades, mas que também estejam de acordo com as suas possibilidades financeiras atuais e futuras.

Se você acabou de ser promovido e está ganhando o dobro do que ganhava antes, pode ser melhor comprar um imóvel que esteja mais de acordo com o seu salário anterior. Isso porque você não será surpreendido negativamente, caso um imprevisto aconteça.

Não se trata de ser pessimista, mas de ser realista. É claro que, com o devido planejamento financeiro, você conseguirá comprar o seu imóvel dos sonhos, mas essa organização é algo que não ocorre do dia para noite.

Envio da proposta de compra

A proposta de compra não é um documento. Trata-se de uma ação na qual o comprador sinaliza que tem interesse no imóvel, propondo um valor para o negócio e uma forma de pagamento.

Se você está contando com a ajuda de um corretor de imóveis , sabe que essa é a hora de buscar uma queda no preço, algo que normalmente ocorre, principalmente, se o vendedor estiver com pressa pela venda.

A proposta de compra deve ser registrada por escrito, ainda que não seja um documento. Isso ajudará na redação de um contrato de acordo com as expectativas das partes.

Você pode optar por e-mail, mas nunca por mensagens informais, como WhatsApp, e por comunicação não escrita, como ligações telefônicas. Lembre-se de ser realista na sua proposta, pois, caso se sinta ofendido, o vendedor pode encerrar a negociação, vendendo para outra pessoa.

Uma dica é avaliar o preço do metro quadrado da região, o valor médio de imóveis de estilo semelhante e o momento do mercado e economia. Se o bem estiver parado há muito tempo, gerando prejuízos, é provável que o proprietário esteja disposto a negociar.

Envio de documentos

O banco precisará dos documentos do imóvel e das partes envolvidas (ou citadas) na compra. Pessoas casadas, ou em união estável, devem incluir os documentos de seus cônjuges. O mesmo vale no caso de composição de renda com outro comprador, como um irmão.

O banco fará uma criteriosa análise das informações e, se verificar alguma inconformidade, encerrará a transação. Portanto, novamente, dê atenção aos seus documentos, evitando que algo falte.

Imagine o seguinte cenário: você pretende usar o seu saldo do FGTS na compra do imóvel, mas não tem acesso a dados como PIS ou o número da sua CLT. Nesse caso, o crédito é negado e o vendedor pode continuar em busca de outro comprador, fazendo com que você fique longe da compra do bem que havia gostado. Trata-se de um exemplo, mas esse tipo de situação acontece com mais frequência do que você imagina.

Avaliação do imóvel

Trata-se de um laudo no qual o banco define o preço da propriedade, considerando um estudo feito por uma empresa contratada. O objetivo é verificar se o valor do financiamento está de acordo com o que está sendo pedido.

Vistoria do imóvel

Essa é uma das últimas etapas de contratação do crédito imobiliário. Nela, o comprador deverá vistoriar o imóvel, com o objetivo de garantir que está adquirindo uma propriedade em perfeitas condições de uso, ou que está ciente de determinados problemas.

Uma vistoria bem-feita ajuda a evitar disputas judiciais futuras, além de muita decepção e dor de cabeça. Sendo assim, lembre-se: vistoria não é uma simples visita.

Assinatura do contrato

O contrato de compra e venda é um documento que deve ser claro, explicando todos os detalhes da transação. Em caso de disputa judicial, será o documento consultado para entender o que deve ser feito.

O contrato deve ser registrado em cartório , por meio de uma escritura pública. No caso de um financiamento, o contrato de financiamento tem o mesmo valor legal da escritura, isso no caso da transação entre o comprador e o banco, pois ele também é registrado em cartório e o financiamento é averbado no registro do imóvel.

Assim, as etapas de contratação do crédito imobiliário chegam ao fim. Como você deve ter notado, é bastante coisa, mas não se preocupe. Com organização e atenção, todas elas são cumpridas tranquilamente.

Uma forma de você não cometer erros durante a sua compra é estar bem-informado sobre o mercado imobiliário. Portanto, não deixe de seguir nosso blog nas redes sociais. Estamos no LinkedIn , YouTube , Instagram e Facebook .

A CrediPronto é uma empresa intermediadora de financiamento imobiliário que foi criada pelo Itaú. Ao financiar com a CrediPronto você tem consultoria gratuita com profissionais especialistas, que vão acompanhar seu processo de perto do começo ao fim e te ajudar no que for necessário, além de outras vantagens.

Na CrediPronto, a taxa de juros padrão é a partir de 10,49% ao ano + TR. ________

O financiamento imobiliário CrediPronto é exclusivamente com o banco Itaú.

Você pode quitar o seu imóvel em até 35 anos (420 meses). Podendo também quitar antes.

Você pode financiar até 90% do valor do imóvel.

Tem o sonho da casa própria?

Financie até 90% do imóvel com taxa a partir de 10,49% ao ano+TR, podendo pagar em até 420 meses (35 anos).