Corretores de Imóveis

Como se tornar um corretor especialista?

Todo mundo quer ser o melhor profissional possível, não é mesmo? No mercado imobiliário, não é diferente. Principalmente, porque se trata de um segmento bastante concorrido. Assim, muitos profissionais querem se tornar um “corretor especialista”. Mas o que significa isso?

Em primeiro lugar, não estamos falando do especialista acadêmico — aquele que fez um curso de pós-graduação e recebeu o título de especialista. Se você já tiver esse título, ótimo. Contudo, neste artigo, queremos mostrar quais pontos devem ser observados pelos corretores que querem se destacar dos demais.

É verdade que a concorrência tem aumentado muito, mas bons profissionais sempre têm espaço entre os clientes. Se você também acredita nisso, continue lendo este artigo!

Corretor especialista: aperfeiçoe a sua comunicação

comunicação entre o corretor e o seu cliente deve ser objetiva, respeitando o tempo de ambos e os objetivos do encontro (conhecer um imóvel). Isso significa que o corretor deve evitar comportamentos impróprios, que possam soar como pessoais demais.

Ao mesmo tempo, evite ser muito incisivo em sua abordagem, comportando-se como um vendedor. Isso pode amedrontar o cliente, já que ele tende a acreditar que você só está pensando na sua comissão.

Analise a maneira como tem se comunicado com as pessoas, observando se consegue ouvir o que os outros têm a dizer, se elas te compreendem, se existem muitos mal-entendidos etc.

corretor especialista

Conheça a região em que atua

Para ser um corretor especialista, é importante entender como o bairro em que o imóvel está localizado pode abrir ou fechar oportunidades de negócios. Como sabemos, o preço do metro quadrado pode variar bastante de um local para outro. Se o seu cliente questionar o motivo dessa variação, você consegue explicar o porquê de isso ocorrer?

Pesquise a história do bairro, entenda quais são os desafios que ele tem em infraestrutura e quais são as obras que estão previstas para ocorrer nesse local. Dica: essas informações podem ser obtidas em jornais locais e em páginas de associações de moradores, comerciantes e dos vereadores que atuam no bairro.

Esteja bem informado

Em tempos em que as pessoas consomem muitas notícias pela internet, a confusão gerada pelo excesso de informação pode ser um problema — principalmente, quando o cliente leu uma notícia falsa.

Termos relacionados à economia, como os indicadores de PIB, desemprego, taxa SELIC etc. podem amedrontar as pessoas. Um corretor especialista consegue explicar às pessoas como esses números podem impactar o mercado imobiliário.

Para isso, leia bons jornais e acompanhe os principais colunistas — ainda que você não concorde com eles. Um especialista está em busca de pontos de vistas sobre o mercado, não de alguém que diga o que ele quer ouvir.

Defina o seu perfil de atuação

O contrário de um corretor especialista é um generalista. Portanto, você precisa definir um nicho de atuação, entendendo como o seu cliente ideal se comporta. Se você quer vender imóveis de alto padrão, é necessário saber como as pessoas da classe A consomem imóveis, se informam etc.

Nesse caso, o networking e as parcerias com imobiliárias podem ser de grande ajuda para que você se torne um corretor especialista nesse segmento.

Gostou deste artigo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e em grupos do WhatsApp!

 

 

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%