Mercado Imobiliário

Como escolher o tamanho ideal de um imóvel?

Escolher a próxima morada é um momento agradável de repensar os projetos para o futuro e como as coisas andam bem no presente. Essas reflexões, inclusive, ajudam na hora de definir o tamanho ideal de um imóvel a ser adquirido.

Isso porque além de valores, linhas de crédito, localização e valorização do bem, é preciso considerar sua longevidade e funcionalidade para as condições atuais e que estão nos projetos futuros, como ter filhos.

Quer saber como dividir sua decisão sabiamente entre o afeto com um lar e a racionalidade em fazer a escolha certa? Neste post, explicamos como escolher o tamanho ideal de um imóvel para você e sua família. Acompanhe.

Considerações sobre o tamanho ideal de um imóvel

Uma boa forma de começar essa reflexão é fazendo uma lista de necessidades atuais e planos futuros que podem influenciar no tamanho da casa ou apartamento.

Quantidade de moradores

O número de pessoas que habita uma residência atualmente e possíveis membros que podem ser incluídos é um excelente ponto de partida.

Um casal que pretende ter filhos, por exemplo, pode investir em um imóvel com 2 ou mais quartos. Isso garantirá que seus planos familiares não sejam interrompidos ou criem uma nova necessidade de mudança.

O mesmo acontece com famílias que possuem membros itinerantes, como familiares do interior que estão regularmente visitando a casa e usando-a como ponto de apoio para situações do cotidiano, como cursar uma faculdade ou realizar um tratamento médico.

Projetos futuros

Projetos futuros também devem ajudar na definição do tamanho ideal do imóvel. Se os moradores têm um estilo de vida intenso e pretendem viajar com grande frequência, um imóvel mais compacto pode ser mais simples de adquirir, e principalmente, gerenciar.

Necessidades específicas dos moradores

Se os moradores possuem animais ou condições especiais de locomoção, o tamanho do ideal do imóvel também pode ser influenciado.

Nesses casos, áreas externas, privativas ou coberturas podem ser boas opções para dar conforto e liberdade aos animais. A permissão para criar animais em determinados condomínios e prédios deve ser avaliada também.

No caso de cadeirantes e outras características, imóveis com corredores mais largos, banheiros mais espaçosos e áreas externas que garantam a mobilidade também são fundamentais na hora de avaliar a adequação do espaço.

Considerações sobre a aquisição

Adquirir um imóvel, seja qual for o tamanho, envolve comprometimento de renda e uma escolha mais definitiva, em função da complexidade da negociação.

Apartamentos e casas maiores serão mais caros se comparados a outros bens da mesma região, mas podem ter valores diferentes em outros bairros, por exemplo.

O cuidado e a manutenção de bens maiores também são mais trabalhosos e isso deve ser considerado para que a rotina e a qualidade de vida dos moradores não sejam comprometidas.

É preciso considerar que a compra de um imóvel é um processo longo e trabalhoso. A ajuda de um corretor ou consultor especialista em imóveis pode ser essencial, pois ele conduzirá uma escolha não só emocional, como também racional, avaliando o bem como um investimento que oferece retornos em uma possível revenda no futuro, por exemplo.

Além da escolha do tamanho ideal de um imóvel, saber quais as melhores maneiras de financiar um bem, documentações necessárias e demais elementos da compra também são preocupações necessárias.

Acompanhe nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as nossas atualizações. Além de dicas sobre compra de imóveis, você também encontra informações sobre decoração e muito mais.

 

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%