Educação Financeira

7 dicas práticas para poupar dinheiro e comprar um imóvel

Para quem não tem capital de sobra no banco, adotar diferentes métodos de gestão financeira é uma prática importante. Afinal de contas, dessa forma, as pessoas conseguem poupar dinheiro para ter uma vida com qualidade e alcançar os seus desejos — que podem incluir a aquisição tão sonhada casa própria.

Neste post, listamos 7 dicas práticas para você poupar e comprar um imóvel. E o melhor: esses truques mostram que a economia de recursos não precisa ser sinônimo de sacrifícios. Acompanhe:

Dê um valor alto de entrada

Ganhar desconto em uma compra de valor alto pode ser um bom incetivo para poupar dinheiro. Veja bem: se você tiver a oportunidade de oferecer uma entrada gorda para o vendedor do imóvel, possivelmente terá mais chances de negociar e dar lances que gerem descontos na compra.

Nesse caso, procure reservar pelo menos 50% da entrada antes de fazer a oferta imperdível, pois quanto maior o valor inicial, menores serão os juros cobrados no restante do pagamento. O dinheiro economizado nessa negociação poderá ser usado para cobrir despesas, como taxas e reformas no novo imóvel.

Faça um cálculo das dívidas

Muito cuidado na hora de avaliar o seu orçamento para a compra do imóvel. Na ansiedade de ter um novo lar, algumas pessoas se esquecem de contabilizar dívidas já existentes e que serão descontadas a cada mês na conta do usuário.

Especialmente para quem tem o costume de usar o cartão de crédito para as compras a prazo, a dica é fazer um levantamento de todas as despesas a serem quitadas antes de dar entrada naquele financiamento promissor. Se for possível, espere um tempo até que boa parte das dívidas do grupo familiar estejam controladas e evite a surpresa de encarar a soma de diferentes juros no final do mês.

Aplique bem o seu dinheiro

Antes de aderir ao impulso de fechar um contrato de compra de imóvel, considere aplicar o seu dinheiro em ações ou renda fixa para valorizá-lo. Se precisar, consulte antes um especialista para ajudá-lo na escolha de uma aplicação de baixo risco e que seja acessível ao seu poder aquisitivo.

Esperar que o dinheiro trabalhe para você para só depois desfrutar dos seus benefícios pode não ser algo tão vantajoso em um primeiro momento, mas com certeza é melhor do que se envolver com juros intermináveis sobre parcelas.

Depois de um período, o montante gerado com as aplicações poderá ser usado para dar entrada em um financiamento e, inclusive, garantir renda para o pagamento das parcelas restantes.

Faça cortes estratégicos no orçamento

Participar de atividades de lazer e fazer compras por impulso são ações comuns na rotina de todo mundo. Embora pareçam atitudes inofensivas, elas podem contribuir fortemente para a falta de dinheiro no fim do mês. Acha que não? Então faça um teste de apenas um mês e registre todas as compras realizadas pela família nesse período.

Desconsidere apenas os itens essenciais, como alimentos, gasolina e contas básicas, e veja o resultado. Assustou? Isso é bem normal, já que nós não somos acostumados a controlar esse tipo de consumo.

Pensando nisso, vale dar uma segurada no orçamento realizando cortes estratégicos em cada momento de necessidade. Isso não significa que você precise evitar um jantar ou evento importante na presença de entes queridos, mas, sim, que deve conter o desejo de trocar o modelo do veículo ou telefone a cada ano ou que pode reduzir o pacote de assinatura da televisão a cabo.

Percebe como são cortes que não deixam você sem o benefício dos produtos/serviços? Eles apenas reduzem as regalias, e você só tem a ganhar com a economia.

Conte com o financiamento do imóvel

Optar pelo financiamento de imóvel tem sido a escolha de muitos brasileiros em busca de condições favoráveis de pagamento. Como qualquer outro processo de compra, essa modalidade de aquisição também deve ser escolhida com cautela para garantir descontos e evitar fraudes no contrato.

Antes de tudo, pesquise sobre a credibilidade da empresa ou construtora responsável pelo financiamento do seu imóvel a fim de identificar possíveis problemas com clientes anteriores ou com a justiça.

Na hora de negociar os processos, certifique-se de que o pagamento das prestações do seu imóvel sejam descontadas em débito automático no cartão. Essa tática evita que você seja multado ou precise pagar juros em um possível atraso causado por esquecimento.

Além disso, verifique com a empresa escolhida se ela permite usar os recursos do FGTS para amortizar ou até mesmo quitar parcelas restantes do financiamento.

Respeite o seu padrão de vida

Pensando em investir naquele imóvel dos sonhos? Tome muito cuidado com a ousadia, pois ela pode te deixar com a conta no vermelho. Embora as condições de financiamento estejam cada vez mais acessíveis para diferentes perfis de compradores, é comum ver pessoas entrarem no negócio sem terem capacidade de custear as parcelas em prazos tão longos.

Nesses casos, a única forma de evitar as dívidas intermináveis é escolher um imóvel que seja condizente com o seu padrão de vida. Reflita sempre: de nada adianta comprometer a renda em um bem que representará a perda da sua saúde financeira.

Aprenda a viver com menos

Especialistas afirmam que uma boa forma de se planejar para comprar um imóvel é modificar a rotina de consumo aos poucos. Assim, se você quer ter uma noção de como é viver sem uma parte da renda mensal, nada melhor do que fazer um teste e anotar os resultados.

Para começar, a dica é reservar 30% da renda total para a poupança, visto que esse valor costuma ser cobrado nas parcelas de diversos financiamentos. Inicialmente, a mudança pode gerar desconforto e você deverá aguentar firme para não liberar o dinheiro. Ao passo que, quando já tiver acostumado com essa “falta” na rotina, pode se considerar pronto para enfrentar a responsabilidade de adquirir o imóvel sem sofrer com as temidas contas negativas.

E você, já usa alguma dessas estratégias para economizar dinheiro? Então deixe um comentário no post e compartilhe as suas experiências com os nossos demais leitores!

Faça uma simulação e financie até 82%

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.