Educação Financeira

6 dicas de planejamento financeiro para evitar dívidas

Grande parte dos brasileiros vive afundada em dívidas. Esse é um dos principais fatores que impedem as pessoas de realizarem seus sonhos, terem uma vida tranquila e se prepararem para o futuro.

É bom lembrar que contar só com a aposentadoria do INSS não é uma saída inteligente e ela deve ser considerada apenas para complementar a sua renda total. Mas como virar a mesa? O primeiro passo é evitar dívidas.

Descubra, a partir de agora, como assumir o controle da sua vida financeira em 6 passos. Confira!

1. Analise a sua situação financeira atual

Anote todas as suas receitas (salários, comissões, bônus etc.) e todas as despesas pessoais e da casa (água, energia, telefone, internet, supermercado, lazer etc.), bem como as dívidas contraídas a longo prazo (prestações de carro, imóveis, móveis, eletrônicos etc.).

Agora cruze as informações e descubra o seu grau de endividamento. Para isso, subtraia o total das receitas pelo total das despesas e terá uma ideia de como está a sua vida financeira. Esse cálculo pode ser feito considerando os períodos de um mês, um semestre e/ou um ano.

2. Corte as despesas supérfluas

Agora, é o momento de analisar mais a fundo as suas despesas. Lembre-se de que o intuito é reduzi-las sem prejudicar tanto o seu padrão de vida atual. Isso é possível com algumas medidas simples. Por exemplo, se você sai todo final de semana, passe a pular um, saindo um fim de semana sim e outro não.

Além disso, sempre faça uma pesquisa antes de comprar alguma coisa. A diferença de preços é grande de um local para outro e pode ajudar a poupar uma boa grana sem precisar deixar de comprar o que precisa. Aproveite os descontos de clubes de compra no processo.

Esteja sempre atento a cada uma de suas despesas, considerando sempre a possibilidade de cortá-las definitivamente ou reduzir os desperdícios para evitar dívidas.

3. Aumente suas receitas

Qualifique-se para ser promovido e ter um aumento no salário. Se você ganha comissão ou bônus por produtividade, adote estratégias para elevar os seus resultados. A empresa valorizará o seu esforço e facilitará a sua promoção.

Também trabalhe nas horas vagas vendendo produtos ou serviços a quem precisa deles. Por exemplo, se você é bom em alguma coisa, explore essas habilidades e ganhe um dinheiro extra com elas.

4. Acumule dinheiro

Quando você atingir um patamar em que as receitas superarem de longe as despesas, é hora de juntar o excedente. Só porque está sobrando mais dinheiro não significa que você deve gastá-lo. O ideal é que mantenha o seu padrão de vida e acumule as sobras. Uma poupança para começar está bom.

5. Faça investimentos

Se deixar o dinheiro acumulado em casa, a inflação corroerá o seu poder compra, desvalorizando-o. A poupança oferece uma reposição dessa desvalorização, mas nada mais do que isso.

O ideal é que, para fazer o dinheiro trabalhar para você, ele renda ganhos superiores à poupança e somente as modalidades de renda fixa, tesouro direto, fundos de renda fixa, letras de crédito, e algumas outras podem oferecer bons rendimento com segurança e baixo risco. A diferença delas é que o dinheiro fica retido por um prazo determinado.

Por isso, é importantes que divida seus investimentos entre essas modalidades e também poupança, para ter uma reserva facilmente acessível quando precisar. Estude mais sobre as modalidades e invista com estratégia.

6. Realize seus sonhos

Seja para investir, seja para morar, comprar um imóvel pode ser a realização de um grande sonho. Afinal quem não deseja sair do aluguel e ter a sua própria moradia ou aumentar os rendimentos mensais para não precisar trabalhar mais?

Aproveite as oportunidades de financiamento que estão surgindo e adquira a sua casa ou apartamento sem comprometer seus investimentos. Você pode utilizar os rendimentos mensais que recebe para pagar as prestações sem mexer nos valores que tem investido.

Como pode ver, evitar dívidas não é difícil. E o melhor é que você poderá virar o jogo e tornar-se uma pessoa independente financeiramente ao seguir essas dicas.

Se essas informações foram úteis para você, compartilhe com seus amigos nas redes sociais e ajude-os também a saírem das dívidas!

Faça uma simulação e financie até 82%

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.