Conteúdo em áudio Mercado Imobiliário

5 tendências para quem vai investir em imóveis

Ouça essa matéria.

Você sabe o que é tendência de mercado e quais as mais promissoras para investir no setor imobiliário? Conheça 5 agora!

Para quem não sabe, “tendências de mercado” é um termo muito utilizado que se refere a novos hábitos de consumo, que indicam novos caminhos a seguir e novos nichos de mercado a ser explorados, principalmente para quem quer investir em imóveis.

No momento de se investir, é muito importante que você procure conhecer quais são as tendências de mercado pois, normalmente, elas apresentam os melhores resultados e a taxa de crescimento do negócio pode ser ainda maior do que a esperada.

Além disso, o investimento é uma forma de aproveitar a popularidade recente da tendência. Pensando nisso, conheça agora cinco tendências de mercado do setor de imóveis e descubra por que você deve direcionar os seus investimentos nessas direções!

1. Ascensão do investidor imobiliário

Os investidores privados fazem parte de uma engrenagem cada vez mais importante no mercado global de imóveis. De acordo com o último Relatório Mundial de Riqueza realizado pela corretora de imóveis Knight Frank, do Reino Unido, 27% de todas as transações globais de propriedades comerciais em 2016 envolveram um comprador privado.

Além disso, ainda de acordo com a pesquisa, um quarto da riqueza privada global está detido em algum tipo de investimento imobiliário (com exceção dos relacionados a casas de primeira aquisição e segundas residências).

À medida que os investidores privados crescem em grau de importância, as empresas de investimentos estão percebendo que tais investidores são como se fossem compradores-chave, cujas motivações são, às vezes, muito diferentes das de uma empresa e precisam ser entendidas.

Se você é novo no ramo e busca ajuda, pode sempre procurar por orientação junto às Imobiliárias, grandes referências no mercado de imóveis no Brasil.

2. Crowdfunding

O crowdfunding vem provando ser um importante fator de mudança para o setor imobiliário.

Essa tendência não apenas dá aos menores investidores a chance de competir sem ter que combinar milhões de reais em capital, como também torna alguns dos atuais mercados de imóveis acessíveis a um grupo muito maior de investidores.

Em vez de pagar toda a conta por conta própria, os indivíduos podem fazer parceria com o maior número possível de diferentes financiadores, para reduzir os custos iniciais e ajudar a transformar os seus sonhos de investimento em realidade.

No estado do Paraná, há muitos apartamentos à venda que tiveram a construção financiada por projetos de crowdfunding.

3. Propriedades de tamanhos menores

À medida que as oportunidades de emprego atraem cada vez mais pessoas para as áreas metropolitanas, o espaço se torna uma questão ainda mais importante. O aumento populacional nas cidades aumenta a demanda por propriedades menores.

Como resultado, torna-se cada vez mais pertinente para os investidores imobiliários estar conscientes da metragem quadrada de suas propriedades. Hoje, você pode satisfazer mais facilmente as necessidades e expectativas de um inquilino por um preço bem mais razoável.

Os proprietários podem esperar por ofertas mais modestas para atrair inquilinos, especialmente porque a acessibilidade torna-se uma questão importante. As pessoas que buscam imóveis pretendem economizar nos custos de aluguel, ainda que isso resulte no sacrifício de ficar com uma metragem quadrada menor.

Se quiser ver alguns exemplos de preços por metragem quadrada, para ter uma ideia do quanto poderia precificar a sua propriedade, pesquise pelas palavras-chave “Imóveis Curitiba” no Google. É que, nessa capital, há muitas imobiliárias que, inclusive, podem lhe ajudar a identificar o real valor do seu imóvel.

4. A chegada dos millennials

Durante muito tempo, o setor imobiliário esperou que a geração do milênio alcançasse uma idade em que começaria a comprar casas em grande número. Este tempo finalmente chegou, e agora os millennials representam uma nova e moderna tendência no mercado imobiliário.

Se você pensa em investir em imóveis para universitários e recém-chegados ao mercado de trabalho, busque algumas ideias em sites de imobiliárias em Curitiba. Nessa cidade, há muitos bons exemplos de moradias em que os millennials gostariam de viver.

5. Coliving

O coliving é uma forma de habitação em que moradores que não necessariamente se conhecem compartilham o mesmo espaço. Faz parte de um estilo de vida moderno e urbano que valoriza a abertura e o compartilhamento.

Em particular, o coliving pode ser visto como uma extensão da tendência do coworking, em que profissionais que também não necessariamente se conhecem dividem o mesmo escritório de trabalho, a fim de economizar custos e compartilhar ideias.

O coliving tem atraído a geração do milênio devido ao perfil da mesma, que é mais aberta à ideia de uma vivência compartilhada.

Não surpreendentemente, vemos um forte interesse no conceito de coliving em cidades com uma crescente onda de millennials trabalhadores e viajantes, e polos que atraem tecnopreneurs, startups e indústrias criativas.

O aumento dos custos nas contas residenciais e no valor de alugueis também desempenha o seu papel. Muitos solteiros, estudantes e jovens trabalhadores encontram apartamentos convencionais fora do seu alcance financeiro, devido a esses fatores citados anteriormente.

Atualmente, há muitos apartamentos à venda em Curitiba perfeitos para investidores que queiram adquirir imóveis para lucrar com a locação no formato de coliving.

Palavra final

Investidores imobiliários precisam sempre manter-se atualizados em relação às tendências de mercado, uma vez que o setor de imóveis vive em constante mudança e acompanhar as novidades ajuda o investidor a investir corretamente para obter algum sucesso.

Portanto, a nossa palavra final é essa: entenda o mercado imobiliário, as suas tendências e faça um plano de investimento de acordo com o cenário mercadológico atual.

Se tiver um tempo extra, você pode pesquisar pelas palavras-chave “Imóveis Curitiba” no Google para dar uma olhada nos atuais modelos de propriedades que estão disponíveis para venda ou locação.

Poderá ser uma ótima referência para você saber por onde começar a procurar um imóvel para investir.

E aí, já se decidiu em relação a qual tendência de mercado irá direcionar e investir em imóveis? Só não se esqueça de pesquisar uma quantidade razoável de propriedades antes de decidir em que tipo de casa ou apartamento deseja investir, ok?

Se por acaso gostou do post e achou as informações interessantes, compartilhe-o nas suas redes sociais!

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%