Corretores de Imóveis

4 passos para uma gestão de carteira de clientes no mercado imobiliário

A profissão de corretor de imóveis é repleta de possibilidades de sucesso para aqueles que conseguirem superar os percalços do setor. No entanto, também é uma área repleta de desafios e um deles, certamente, é conseguir ter uma boa gestão de carteira de clientes no mercado imobiliário.

Lidar com pessoas é sempre um desafio e gerir de forma precisa e eficiente o público é uma atitude fundamental para fazer bons negócios e garimpar grandes oportunidades. E então, ficou interessado? Confira o conteúdo que preparamos a seguir e descubra como fazer isso:

1. Otimize o seu tempo

O primeiro passo para uma gestão de carteira de clientes no mercado imobiliário é otimizar seu tempo. As outras atitudes, por mais estratégicas que sejam, terão pouca efetividade se você não tiver horários disponíveis para organizar a sua agenda, fazer o seu trabalho e atender ao seu público.

A tecnologia pode ser uma forte aliada nesse aspecto, pois temos uma série de aplicativos e programas de gestão que podem contribuir para que você ganhe em eficiência. Procure antever seus compromissos, crie um roteiro no dia a dia e deixe pequenas brechas para que você consiga se recuperar em caso de imprevistos.

2. Segmente os seus clientes

Outro passo para uma gestão de carteira de clientes eficaz é segmentá-los de uma maneira estratégica e inteligente. Quando você divide o seu público em categorias específicas, fica muito mais fácil propor imóveis que atendam adequadamente aos anseios, demandas e expectativas desses compradores em potencial.

 

Para fazer isso, você pode utilizar o histórico de negociações, analisando quem comprou, quem alugou, quem vendeu, quais foram as localidades, a faixa de renda, o estado civil, a profissão e algumas outras características e dados que podem relevar os gostos e interesses desses indivíduos.

3. Invista na prospecção

Agora que você otimizou o seu tempo e segmentou os seus clientes, não há outra coisa a fazer senão prospectar. Essa é uma palavra-chave na vida de qualquer pessoa que lide com vendas e trabalhe com o público. Dentro desse contexto, não se exima de buscar compradores em potencial tanto quanto você puder.

Para fazer isso do jeito certo, avalie a abrangência da sua região e analise a população na sua área, de forma a compreender melhor quantos e quais imóveis você precisa ter em sua cartela. Em um local majoritariamente ocupado por profissionais em ascensão ou jovens casais, por exemplo, pode ser mais interessante ter mais apartamentos disponíveis.

4. Limpe a sua carteira

Por fim, se você tem o tempo certo, segmentou seus clientes e possui os imóveis certos em disponibilidade, é hora de dar o último passo para atender bem o seu público: limpar sua carteira! Essa é uma maneira de realocar seus esforços para as pessoas certas, que possuem mais possibilidades de fechar negócio.

Também é uma forma de melhorar sua visão geral, facilitando que você observe oportunidades muito mais promissoras. Dentro dessa realidade, deixe de lado aqueles indivíduos que se mostrarem inativos, como alguém que se mudou de cidade ou que fez uma aquisição para a vida toda.

Esses são os passos essenciais para uma gestão de carteira de clientes no mercado imobiliário. Tem alguma sugestão? Conte para nós nos comentários!

Acompanhe

Acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das novidades.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Faça uma simulação e financie até 82%